ESPM-SUL SEDIA ÚLTIMO DIA DO 3º CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE PUBLICIDADE

 In Notícias
Dalton Pastore (C) recebe homenagem de João Firme (E) e os aplausos de Luiz Coronel (D)

O 3º Congresso Latino-Americano de Publicidade teve seu segundo e último dia nessa quinta-feira, 25 de outubro, em duas etapas pela manhã e à tarde na ESPM-Sul, que organizou o evento em parceria com a ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade).

Em café da manhã realizado para autoridades no campus da universidade em Porto Alegre, as atrações foram o poeta e publicitário Luiz Coronel e o presidente nacional da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), Dalton Pastore.
Os convidados foram recebidos na ESPM-Sul com café da manhã 
 ‘
Para Luiz Coronel, Galo de Gramado é uma identidade do Rio Grande
 ‘
Luiz Coronel abriu os trabalhos falando sobre a propaganda como glorificação da síntese, elogiando a virtude do profissional da área em conseguir unificar ideias. “Construímos sínteses rigorosas dentro da complexidade em que as mensagens se conflituam, se perdem, mas nós temos esse dom”, complementou, ainda que admita que a propaganda não tenha resolvido a polarização da política brasileira atual. “Não conseguimos ser modernos e continuamos a ser arcaicos”, criticou o poeta.
  ‘
Coronel aproveitou a presença do Secretário-Geral da ALAP, João Firme de Oliveira, para elogiar o Festival de Publicidade de Gramado, produzido por este desde 1975 e que já recebeu 16 países e estudantes de várias nações. “O Rio Grande do Sul tem uma vitalidade cultural. A realização do Festival, que carrega nome e sobrenome, suor, teimosia e obstinação do João Firme, é a grande realização da propaganda do nosso Estado”, enalteceu, destacando o apoio que o evento recebe da ESPM.
 ‘
João Firme, Dalton Pastore e Luiz Coronel palestram
 ‘
Presidente da ESPM critica descaso do mercado
  ‘
Ao receber a palavra, Dalton Pastore alertou para as dificuldades financeiras enfrentadas pela ESPM, lamentando a falta de colaborações das autoridades. Segundo o presidente da instituição, esta só se manterá se o mercado contribuir. “As faculdades dos principais países do mundo têm como primeira fonte de receita doações de mercado. Já aqui nos especializamos em desperdiçar talentos”, contestou, justificando que de cada 100 que nascem no Brasil, 99 são ignorados. “Um talento os Estados Unidos descobrem e levam embora”, complementou ironicamente.
 ‘
O presidente da ESPM comentou sobre a responsabilidade de educar e criar as pessoas para construírem o futuro, acentuando que a gestão é a DNA da universidade e que o vínculo desta com seu formando fica longe de terminar após a conclusão do curso. “Quando o aluno recebe o diploma, o nosso compromisso com ele aumenta, porque daqui há alguns anos ele baterá na sua agência e será questionado sobre onde se formou”, justifica Pastore.
 ‘
Da esquerda pra direita, o coordenador dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da ESPM-Sul, Alessandro Souza, Rafael Urenha, João Firme e o consultor empresarial da ALAP, Jair Meneghetti
 ‘
Rafael Urenha prova que um banco pode educar
 ‘
À tarde, foi a vez de Rafael Urenha, CCO da agência DPZ&T, palestrar para os estudantes da ESPM-Sul. O renomado publicitário contou para os universitários detalhes sobre sua premiada campanha “Leia para uma Criança – Isso Muda o Mundo”, que desenvolve para o Banco Itaú desde 2012. Para Urenha, a iniciativa serviu como uma quebra de paradigma na comunicação, através do incentivo à leitura infantil por parte de uma instituição financeira. “Desde seu lançamento, diminuíram nas redes sociais as críticas sobre o banco e a percepção das pessoas a respeito do Itaú começou a mudar”, esclareceu.
 ‘
A série de comerciais proporcionou a distribuição gratuita de mais de 51 milhões de livros em todo o país para crianças na primeira infância. Bem-sucedida, “Leia para uma Criança” está em seu sétimo ano, sempre se atualizando e se modernizando. “Continuidade e consistência são elementos fundamentais para o sucesso. Não tem preço que pague uma campanha de sua autoria estar na boca do povo”, festejou Urenha, que recebeu de João Firme a láurea Quero-Quero do Bem.
 ‘
Os estudantes da ESPM-Sul saem na foto com João Firme, Rafael Urenha, Andressa Martins (diretora de relações internacionais da ALAP) e Alessandro Souza
 ‘
Texto e Fotos: Marco Maciel
Recent Posts

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!