LEMBRANÇAS DO 11 DE SETEMBRO

 em Artigos

* João Firme

Recordei com tristeza e orações este 11 de setembro, bem lembrado nas redes sociais pelo nosso prefeito Nelson Marchezan Junior. Havia agendado uma entrevista com o Papa polonês, que esteve em Porto Alegre e se declarou “gaúcho”.

Estava no Hotel em Roma no café da manhã com minha mulher Eloah Pedroso, de Alegrete, que me aguenta há 54 anos e sua sobrinha, a jornalista Andressa Martins, preparada com uma câmera de TV para a entrevista, quando assistimos perplexos, na TV do hotel, um avião suicida se espatifando numa Torre de um edifício.

Na quarta-feira, na Praça de São Pedro onde acontecia as audiências, se ouviam cânticos e orações às quartas-feiras para pessoas credenciadas como jornalistas e turistas, que queriam conhecer o Papa com esperança de uma cura ou de uma benção especial para dias melhores. Tudo foi cancelado por orações para que a sociedade internacional buscasse o entendimento evitando uma guerra. Entrei nessa e voltei com a esperança da compreensão e penso que a comunidade e o poder público estão se organizando para que o próximo ano seja o que Marchezan Jr, e todos os políticos do bem, a propaganda, a justiça e as famílias rogam ao Senhor para que 2020 seja o Ano da Paz acreditando no Rio Grande e na Pátria Amada Brasil.

* Publicitário e Jornalista

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!