A PROPAGANDA E A PUBLICIDADE DE GRAMADO

 em Artigos

*  João Firme

Desde junho de 1985, quando Roberto Marinho, Patrono do Festival Mundial de Publicidade de Gramado, determinou que a Rede Globo de Televisão veiculasse em rede nacional o comercial e o spot criados pelo presidente do evento Ernani Behs, diretor da Ogilvy & Mather de Porto Alegre e presidente da ABAP/RS, aconteceu uma virada extraordinária na propaganda de Gramado.

Ouvimos do fundador da Globo que as entidades de propaganda têm o dever de promover eventos voltados para o conhecimento e inovação para que os empresários invistam nos meios de comunicação para desenvolverem seus negócios, proporcionando com isso o fortalecimento da nossa atividade, a liberdade de escolha, expressão e de imprensa.

Em setembro de 2007, o cachoeirense Willy Haas Filho, diretor de negócios da Rede Globo, trouxe e entregou para Airton Rocha, presidente do Festival de Gramado daquele ano, uma fatura de veiculações de comerciais, cortesias à ALAP de R$ 3.500.000,00.

A publicidade é a matéria divulgada pelos meios de comunicação e Gramado tem seu Festival do Cinema que premia artistas e cineastas com o Kikito e promove a arte cinematográfica.

No Festival Mundial de Publicidade de Gramado de 1999, que teve como tema “Liberdade Sem Fronteiras”, o Ministro Sergio Amaral, que organizou a distribuição de verbas públicas dos Ministérios, da Autarquias e Sociedades de Economia Mista, retirando a agência do governo EBN detenta, veio representando o presidente Fernando Henrique Cardoso e como porta-voz do governo encerrou o evento com uma palestra excelente, afirmando que tinha procedimento o pleito da ALAP, que estava no Ministério da Economia, para isentar a propaganda de produtos brasileiros e do turismo no exterior, da taxa de 15% que a CACEX cobrava para o envio de dólares para pagamento de faturas de veiculações. Foi aplaudido de pé e no seu regresso fez um projeto de lei, encaminhando ao Senado, que em agosto do mesmo ano, promulgou dando fim a esta vexatória taxa.

O hábil, simples, humilde e autêntico Sergio Amaral foi promovido para Embaixador do Brasil na França e aceitou a proposta da ALAP para realizar a primeira Edição Extra nos anos pares no dia 23 de setembro de 2004, na Embaixada do Brasil em Paris, com a parceria da Associação de Agências de Comunicação e Comunicadores – AACC sem custos para a Embaixada e com os palestrantes voluntários, entre eles o Governador Germano Rigotto, Mauro Salles que foi Ministro das Comunicações e compareceu como Patrono da Edição Extra juntamente com Marcelo Serpa, presidente do júri de premiação de peças publicitárias profissionais e Gilberto Leifert, presidente do CONAR, que foi homenageado pela AACC, reconhecendo a entidade como a melhor Auto-Regulamentação no mundo e a TV Globo Internacional como a mais conhecida da América Latina na Europa.

Para Paris foram inúmeros publicitários e jornalistas da Editora Referência de SP,  Press Advertising do RS e a Revista CARAS fez uma festa em sua casa à noite do dia 22, enquanto que o Embaixador Amaral promoveu no dia 23, em sua residência, um almoço com a presença de Germano Rigotto, Gilberto Gil, Gilberto Leifert, Mauro Salles, Jayme Sirotsky (então presidente da Associação Mundial de Jornais – WAN) com sede na capital francesa e que estava apoiando a iniciativa da ALAP, publicando na Revista da WAN, em julho de 2004, um anúncio de página da Edição Extra com Luiz Coronel, então presidente da ALAP, Marcelo Serpa e o presidente da Edição Extra do Festival de Gramado, Reinaldo Lopes, da Escala Comunicação.

E para surpresa de todos, compareceu Padre Eloi, pároco de Gramado, às 10 horas, na Embaixada, com mais dois acompanhantes para nos comunicar que havia aceito o nosso desafio para celebrar uma Missa de Ação de Graças aos profissionais de propaganda brasileiros na Catedral de Notre Dame no altar mor, no dia 23 de julho ao meio-dia. E deixamos de ir ao almoço na residência do Embaixador para participar com a esposa do Governador Rigotto e o Alexandre Pradier, diretor de comunicação do governo do Estado. A igreja estava lotada com mais ou menos 3 mil pessoas e nos emocionamos com a leitura do Evangelho em português pelo padre gramadense.

O Embaixador Sergio Amaral, inaugurou a Edição Extra às 15h, tecendo elogios à ALAP pela realização do Festival de Gramado nos anos impares desde 1975. Para alegria nossa, o competente Sergio Amaral hoje é o nosso Embaixador em Washington, o maior país do planeta e temos convicção que nossas relações vão melhorar para empreendedores, exportadores e importadores. E por isso parabenizamos o Ministro José Serra, que está à frente do Ministério de Relações Exteriores e o próprio Sergio Amaral que é nosso amigo.

O Governador fez um belo pronunciamento. Mauro Salles, um monumento da propaganda brasileira, foi muito aplaudido e Marcelo Serpa apresentou, com o cineasta gaúcho Cicero Aragon, os premiados internacionais de agências do Brasil, Argentina, Espanha, México, Japão e França.

O Galo de Ouro de Gramado recebido por um representante da agência que tinha a conta do Clarín que foi especialmente à  Paris, foi estampado na primeira página do grande jornal argentino como o maior prêmio da propaganda na América Latina, comprometendo à ALAP dar continuidade das Edições Extras em 2006 em Buenos Aires; 2008 na Cidade do México, Florença/Itália e em Tóquio/Japão; 2010 na Semana da Propaganda de Nova York/EUA; 2012 em Bogotá/Colômbia; 2014 em Montevidéu/Uruguai e 2016 na Cidade do Panamá.

E agora chegamos ao 21º Festival de Publicidade de Gramado nos dias 7 a 9 de junho, presidido por Sergio Gordilho, co-presidente e CCO da agência Africa do Grupo ABC administrado por Nizan Guanaes, outro peso-pesado da propaganda.

Criados por Sergio Gordilho, estão sendo veiculados os anúncios de jornais, revistas, spots em rádios e em fevereiro entrará o comercial de TV em rede nacional.

E Gramado é hoje o maior ponto turístico de visitação do interior do Brasil, conforme pesquisa da Revista Viagem, graças à Propaganda e à Publicidade.

* Publicitário e Jornalista

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

ALAP | Associação Latino-Americana de Publicidade