ALAP | Associação Latino-Americana de Publicidade

Author: alap

GRAMADO RECEBE A OITAVA EDIÇÃO DO PRÊMIO ESTUDANTIL

Gramado recebe a oitava edição do Prêmio Estudantil

Os vencedores do 8° Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, da esquerda pra direita: Bruna Franco, Emanuelle Livi Canielas, dra. Rosane da Cruz Ferreira (responsavel técnica do Instituto Ver, que entregou os certificados), João Firme (secretário-geral da ALAP), Sergio Ricardo Barsotti Júnior, Augusto Hiroshi Kuamoto, Selva Andreoli (presidente internacional institucional da ALAP) e Leonardo Altoé.


Texto e fotos: Marco Maciel (jornalista)

Aconteceu nos dias 6 e 7 de junho a oitava edição do Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, promovido pela ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade) na cidade das hortênsias na Serra Gaúcha. Desde 2005, o evento premia projetos de propaganda ética e social idealizados por universitários, atendendo solicitação do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Outros eventos paralelos foram realizados em conjunto.

O publicitário Caê Caráccio, CEO da Porto Criativo Comunicativo On/Off de Araraquara-SP e presidente da ALAPCOMM (Associação Latino-Americana de Professores de Comunicação e Marketing), coordenou o 8º Prêmio Estudantil no Hotel Laghetto Stilo Borges, juntamente com a uruguaia Selva Andreoli, Presidente do Grupo Perfil de Montevidéu, Presidente de Honra da premiação e eleita Presidente Internacional Institucional da ALAP. 

As peças de projetos e propaganda ética e social vitoriosas foram apresentadas, juntamente com algumas premiadas na Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris, realizada no dia 21 de setembro de 2018, na Embaixada do Brasil na capital francesa. Os assuntos dominantes nos trabalhos dos estudantes foram o assédio e o empoderamento feminino.

Relação de vencedores do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, eleitos por júri online presidido por Gil Kurtz, publicitário da Vossa Comunicação de Porto Alegre. Todos os universitários premiados são da ESPM Sul de Porto Alegre.

ANÚNCIO DE JORNAL: “A vida do seu filho pode estar nas mãos de alguém”. Estudantes: Matheus Motta de Carvalho e Leonardo Altoé. ESPM Sul.

CARTAZ: ”Rugido da Leoa”. Estudante: Caroline Volpato. ESPM Sul.

RÁDIO: “Campanha pelas mulheres”. Estudante: Cássio Machado Henrique. ESPM Sul.

CINE/TV: “Pesadelo”. Estudantes: Augusto Hiroshi Kuamoto e Sergio Ricardo Barsotti Junior. ESPM Sul.

MENÇÃO HONROSA: “Partidas que permitem chegadas”. Estudantes: Emanuelle Livi Canielas e Caroline de Oliveira Pereira. ESPM Sul.

Os certificados para os estudantes foram entregues por Selva Andreoli e pela dra. Rosane da Cruz Ferreira, oftalmologista pediátrica e responsável técnica do Instituto Ver Hesíodo Andrade, ONG parceira da ALAP que visa reduzir a cegueira infantil. 

Abertura Solene na Sociedade Recreio Gramadense

Luiz Coronel discursa, observado por Fedoca, Selva Andreoli e João Firme

O primeiro dia teve como sede a Sociedade Recreio Gramadense, com o prefeito de Gramado, João Alfredo de Castilhos Bertolucci, o Fedoca (PDT), dando as boas-vindas aos presentes. O mestre de cerimônias nos dois dias foi o radialista Mathias Santos. 

O poeta e publicitário Luiz Coronel, fundador e presidente honorário da ALAP, realizou a abertura solene do evento. “A ALAP já trouxe pra Gramado cinco mil estudantes de 19 países, para verdadeiros cursos de comunicação e propaganda com grandes mestres de todo mundo. Isso é uma herança que tem que ser valorizada, que não pode se perder pela estrada”, disse Coronel, que mais tarde doou livros para a Biblioteca de Gramado, acompanhado do prefeito Fedoca.

A Publicidade à Serviço dos Deficientes e Humildes

Dando início ao painel “O que a Publicidade e a Sociedade podem fazer pelas Crianças Deficientes”, a publicitária uruguaia Selva Andreoli palestrou sobre o favorecimento da propaganda na inclusão das pessoas especiais. “A publicidade tem um grande poder de transformação social. É um dos meios onde se encontram as maiores oportunidades de disseminação da diversidade e normalização da inclusão”, colocou Selva, avaliando que a publicidade deve ser inclusiva e mostrar todos os tipos de pessoas, como as com síndrome de Down e as mulheres “reais”, sem o dito estereótipo de “perfeita”. 

A advogada e empresária Heloísa Helena Lopes, vice-presidente da Sicredi Pioneira RS, fez palestra sobre o cooperativismo como instrumento do desenvolvimento local e regional. “Existe um círculo virtuoso no cooperativismo, ligado à qualidade de vida, aos empregos e aos negócios gerados. Com responsabilidade social e viabilidade econômica, criamos condições para transformar as comunidades.”, resumiu Heloísa Helena Lopes.

O Presidente do SINAPRO-SP (Sindicato das Agências de Propaganda de São Paulo), Dudu Godoy, relatou a ousadia da Nobullshit (NBS) – agência da qual é VP Executivo – de abrir uma unidade no Morro Santa Marta, em plena comunidade no Rio de Janeiro. “Não foi por caridade, não é pelo social. É entender a comunidade como ela funciona e fazer as marcas de relacionarem com ela” justificou, citando uma campanha de sucesso da rede “O Boticário” junto aos moradores do local. “Se você não por a mão na massa, não adianta só sentar no computador. Se você não experimentar e estudar o ambiente, vai criar o quê? Mantemos a estrutura na comunidade pra não perdermos o conhecimento. Faz parte do aprendizado”, completou o publicitário Dudu Godoy.

Especialista em Turismo Paleontológico, o professor universitário Abdon Barretto Filho teve a sua campanha do Dino Tchê premiada na Edição Extra do Festival de Gramado em Paris, realizado no dia 21 de setembro de 2018 na capital francesa. Segundo ele, o fóssil do dinossauro mais primitivo do mundo teria sido encontrado em Santa Maria em 1936. “O Rio Grande do Sul é o berço dos dinossauros”, exclamou Abdon, que criou o personagem Dino Tchê junto com o ilustrador Byrata Lopes em 1997.

Debate sobre Liberdade de Imprensa

João Firme, Francisco Moesch, Tulio Milman e Heloísa Helena Lopes. Ao fundo, Mathias Santos e Abdon  Barretto Filho (no microfone)

O jornalista do Grupo RBS, Tulio Milman, esteve na Sociedade Recreio Gramadense para abrir o painel “2º Fórum Latino-Americano de Liberdade de Imprensa e à Propaganda”. Ele recordou que era adolescente quando o regime militar se encerrou, com a liberdade ainda restrita. “Saímos de outro extremo e qualquer questionamento ao trabalho dos jornalistas era confundido com censura. No final da década de 80, eles eram tratados como semideuses”, analisou Tulio Milman, que vê os profissionais que exercem a profissão como intermediários. “Emprestamos nossos olhares para que o público possa ter acesso à informação e formar sua convicção sobre os temas que lhe dizem respeito. Quando o profissional entende que é um processador de informação e de análise à serviço do povo, ele será um bom jornalista”, concluiu.

Patrono do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, o desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Francisco José Moesch, comparou o posto com a ancestralidade, acrescentando a importância do controle de forma imperativa e judicial da propaganda e da publicidade. “Tudo passa por uma política nacional de relações de consumo, através do Ministério da Justiça e das entidades ligadas como o CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária)”, disse Moesch, complementando que a publicidade precisa ser veraz e ter vinculação com o que é anunciado. Homenageada no evento, a presidente da OAB Subseção Canela e Gramado, Anne Grahl Müller, recordou que seu desejo inicial era ser jornalista. “Mas advocacia também é comunicar”, opinou a advogada. 

Amapá sendo bem representado no Rio Grande do Sul


Yuri Bezerra (ao centro com os troféus) celebra o Estado do Amapá no extremo sul do Brasil

O professor universitário e radialista Yuri Bezerra, através do Projeto Aula na Empresa do Instituto Federal do Amapá (IFAP Campus Santana), trouxe cinco estudantes amapaenses para Gramado. O projeto recentemente foi vitorioso no Prêmio SEBRAE Educação Empreendedora. “Levamos alunos da sala de aula para as empresas, onde respiram seus ambientes e entendem as necessidades dos clientes e suas metas”, explica Bezerra, um dos Publicistas Latino-Americanos de 2019, que homenageou o secretário-geral da ALAP João Firme com o Troféu Galo da Amazônia Brasil. 

Yuri Bezerra entregou a Medalha Galo da Amazônia Brasil aos seguintes alunos do seu curso técnico de publicidade: Naely Flávia Isacksson da Silva, Dulce Maria do Espírito Santo, Bianca Mota da Silva, Maria Laura de Jesus e Gustavo Lamazé Rodrigues. Este último também foi laureado com o Troféu Galo da Amazônia. 

Ao término da cerimônia, foram exibidas as bandeiras do Estado do Amapá e do Instituto Federal do Amapá – IFAP, ao mesmo tempo em que Luiz Coronel assinou a ata de posse do novo Conselho Consultivo e Diretoria Executiva da ALAP para o período de junho de 2019 a junho de 2021, representando o novo presidente do Conselho, o publicitário Eduardo Simon, CEO da DPZ&T. João Firme e Abdon Barretto Filho, presidente da Assembleia Geral, também assinaram o documento.

Controle total da qualidade de gestão

Da esquerda pra direita: José Dionísio Rodrigues, Fabiano Del Rey e Raul Audi

O segundo dia do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado ocorreu no Hotel Laghetto Stilo Borges. A abertura dos trabalhos foi com a “2ª Convenção de Produtividade e Qualidade Total em Publicidade”, workshop que teve como curadora Elizabeth Oliveira, consultora da ADT Consultoria Empresarial. “A gente não padroniza criatividade. Você faz do jeito que você quiser. Mas é possível implementar padrões”, explicou Elizabeth, sublinhando a importância do alinhamento entre as estratégias e a operação.

Quatro agências foram certificadas com o ISO 9001, pelo controle total da qualidade da gestão interna. Em 1999, a e21 MultiComunicação de Porto Alegre foi a primeira, sendo depois seguida pelo Grupo OM de Curitiba (2007), Ideia 3 de Salvador (2016) e Audi Propaganda de Presidente Prudente-SP (2018). O debate reuniu representantes destas agências (à exceção da baiana), com a coordenação do publicitário Dudu Godoy. 

Raul Audi disse que o primeiro passo foi definir a postura estratégica da então pequena agência situada no interior paulista, contratando uma pesquisa de satisfação dos clientes e criando indicadores para cada processo, os apresentando trimestralmente de forma aberta pra todos. “Conquistamos a posição de 2ª e 3ª melhor agência do Brasil para se trabalhar pelo GPTW (Great Place to Work) por dois anos consecutivos”, exaltou o publicitário de Presidente Prudente.

Luiz Rotilli Teixeira (o Gaúcho do Aeroporto), Abdon Barretto Filho, Dudu Godoy, João Firme e Elizabeth Oliveira

Já o português José Dionísio Rodrigues, que preside o Grupo OM Marketing & Comunicação e o conselho de ética do SINAPRO-PR (Sindicato das Agências de Propaganda do Paraná), avaliou que cada atividade da comunicação tem uma natureza diferente. “Não é que nem as agências de publicidade, que o processo é relativamente fácil. O que é mais difícil é ser criativo”, disse com bom humor Dionísio, complementando com a necessidade de aperfeiçoamento em termos de processo com o planejamento estratégico e a organização, conscientizando o gestor. “Temos cinco empresas e três são certificadas. Se você não tiver um sistema de gestão de qualidade, dificilmente sobreviverá nos anos seguintes”, alertou o publicitário.

Para Fabiano Del Rey, gerente comercial da e21 Multicomunicação, a certificação aperfeiçoou a metodologia de atendimento, evoluindo não só nas partes estratégicas, mas também nas de performance. “A e21, neste período estava obcecada por processos, padrão e qualidade total de atendimento aos seus clientes”, falou Del Rey, destacando que na época atendia o Banrisul e mais de 20 outros clientes, representando um período de absoluto crescimento da agência. “Mudamos a marca para e21, alteramos a sede, abrimos operação em SC e começamos a atender clientes em SP como a Ipiranga Química. Nos ajudou, sem dúvida, a consolidar nosso processo de crescimento”, completou.

Ao término do debate, os participantes foram agraciados com o Galo de Gramado – Paris.

Fórum do Bem-Estar dos Animais

Da esquerda pra direita: Rubens Severo de Souza, Pedro Ferraz (com o certificado), Marise Lima e João Firme

Na sequência dos trabalhos no Hotel Laghetto Stilo Borges, ocorreu o 2º Fórum do Bem-Estar dos Animais, coordenado pelos veterinários Pedro Ferraz, Marise Lima e Rubens Severo de Souza. Segundo Ferraz, as pessoas se socializam mais quando tem animais, apesar de avaliar erros cruciais na formação do comportamento dos mascotes. “O cão vive em matilha e pertence à outra vertente social. Na matilha, um manda e outro obedece. Na família há concessões. O cão não sabe viver com concessões”, comparou o veterinário.

Para Pedro Ferraz, o cachorro nasce perfeito, mas quem o estraga é o dono, advertindo para o excesso de carinho que pode provocar alterações psicológicas no animal. “O dono não pode deixar que o cão ocupe espaço de liderança. A melhor máquina de olfato que existe na terra é dos cachorros. Eles sentem cheiros que nem sabemos que existem, pois possuem 800 milhões de células olfativas contra 5 milhões do ser humano”, explicou didaticamente. Os três veterinários receberam o Certificado Paixão Côrtes Celestial.

Convergência e novas tendências na mídia

Dudu Odécio (Síntese Comunicação de Fortaleza), Caê Caráccio (Porto Criativo de Araraquara) e Rinaldo Pessoa (RPG Comunicação de João Pessoa) exibem suas placas Galo de Paris com Selva Andreoli e João Firme

Representando a Paraíba no 8º Prêmio Estudantil, o CEO da RPG Comunicação Rinaldo Pessoa foi um dos nomes do painel “A nova onda da propaganda ética e social nas plataformas de mídia”. O publicitário paraibano colocou que a melhor premiação é aquela que muda a vida das pessoas. “A publicidade é uma ferramenta poderosa, que deve sempre contribuir para termos uma sociedade melhor”, disse, trazendo os dados de que cerca de 2,7 milhões de crianças exercem algum tipo de trabalho infantil. “Nós, publicitários, somos agentes transformadores”, completou Rinaldo.

Diego Piñero fala sobre Big Data

O diretor do Grupo Perfil e CEO da empresa Ideia Big Data do Uruguai, Diego Piñero, destacou que o Big Data (conjunto de dados que precisam ser processados e armazenados) é fundamental para as pesquisas que envolvem gestões públicas e marketing eleitoral. Ao mesmo tempo, considera que a imprensa vive o ponto mais débil de sua história. “Com o crescimento das redes sociais, as fake news acabam se tornando Big Fake”, opinou, dando como exemplo um vídeo com uma declaração constrangedora do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na verdade manipulada digitalmente e propagada para o público. “Até quando Twitter e Facebook vão seguir pautando o jornalismo? Como gerir progresso na geração digital? A palavra se tornou impotente”, opinou Luiz Coronel, logo após o fim da palestra de Piñero.


Tiago Denardin palestra sobre design na era digital

Ao falar sobre design na era digital, Tiago Denardin, diretor de estratégia da agência GH Branding (oriunda de Santa Rosa-RS), comparou a novidade do “drive thru” (serviço de venda de fast-food ao cliente sem que este saia do carro), que revolucionou o Brasil nos anos 90, com os aplicativos vigentes hoje em dia como Rappi e Uber Eats. “Toda hora, um entregador do aplicativo entra numa loja cadastrada para coletar o pedido. É um dilema dos novos tempos”, comentou Denardin, avaliando esta convergência como um ecossistema para o consumidor, dando também o exemplo do WeChat, um app similar ao Whatsapp na China que, além da simples troca de mensagens, permite outros tipos de serviços.

Dra. Rosane da Cruz Ferreira mantém a parceria afinada com o Instituto Ver, com a ALAP e com João Firme

No final do evento, a oftalmologista pediátrica Rosane da Cruz Ferreira trouxe aos presentes a palestra “Novas Tecnologias do Teste do Olhinho para evitar a Cegueira Precoce em Crianças que nascem com Doenças Congênitas da Visão”. Luiz Rotilli Teixeira, o Gaúcho do Aeroporto, encerrou o 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado declamando o poema “Chimarrão”, de Glaucus Saraiva.

ENTREVISTA DE JOÃO FIRME PARA RÁDIO GAÚCHA – 14/1/2018

No domingo pela manhã, dia 14 de janeiro de 2018, João Firme participou mais uma vez do programa “Galpão do Nativismo”, comandado por Dorotéo Fagundes na Rádio Gaúcha. Confira um trecho da entrevista do secretário-geral da ALAP, que comentou sobre os preparativos para a Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris, programado para o próximo dia 21 de setembro na capital francesa, além de mencionar o cineasta Anselmo Martini, que procurou a ALAP para intermediar as conversas com as Secretarias de Turismo de Gramado e Canela a fim de realizar a filmagem de uma comédia romântica com artistas americanos nas referidas cidades em março de 2019, com recursos internacionais. João Firme ainda fala sobre o concurso de fotografias “Não deixe morrer meu rio”.

FRANCISCO, O PAPA DA PROPAGANDA

*João Firme

Este CASE é o meu grande relicário. No tempo da rádio Difusora, que se tornou Bandeirantes na década de 90, vendi o patrocínio da novela “Os Muckers” que tinha como figura central uma mulher guerreira chamada Jacobina, que vivia no morro do Ferrabraz (próximo a Campo Bom e Sapiranga) e, por ter a vida parecida como a de Maria Madalena, se dizia que sua criança no ventre era filho de Satanás e uma seita a matou quando nasceu, segundo conta Luiz Coronel, publicitário, escritor e poeta.

Vivi na novela como radioator o papel do Papa que queria a Paz e contra qualquer tipo de interrupção da vida. Ao ler o script, no ensaio, reclamei do autor, advogado Fávaro, que o Papa não tinha nome e sugeri que se chamasse Francisco em homenagem ao meu pai, que nasceu no dia 4 de outubro e eu era devoto de São Francisco de Assis e quando criança cuidava do gato, cachorro, vaca de leite, cavalo para entrega de mercadorias, quatro porquinhos e uma junta de bois para lavrar a terra e plantar mandioca e milho. O diretor da novela aceitou a sugestão e fiquei conhecido na época por Francisco e me orgulho disso.

Mais tarde, usando minha carteira de jornalista internacional, programei uma viagem a Roma, saindo de Paris no trem noturno, passando por locais maravilhosos como a Torre de Pisa, obra de engenharia, que inclinada se mantém vencendo as intempéries do tempo. Contando minha história de radioator, agendei como o setor de comunicação da Santa Sé uma audiência para receber uma bênção de Karol Józef Wojtyła, o Papa João Paulo II, que em Porto Alegre repetia o refrão do povo na Catedral: “O Papa é Gaúcho.”

A audiência era na quarta-feira, o dia em que o Papa receberia o povo e meu lugar era na frente. Mas, por volta das 10h30min da terça-feira, 11 de setembro de 2001, estava no hotel com minha mulher e a jornalista Andressa Martins, que possuía máquina fotográfica e câmera para filmagem, quando explodiu a tragédia das Torres de Nova York, uma comoção mundial. Na quarta-feira, foi mudado o programa Papal e proibido cantos e aplausos, pois todos tinham que orar pela Paz mundial e chorei como muitos ao ouvir o Santo Padre Polonês. Frustrado por não ter podido receber a bênção especial, fui conhecer a cidade de São Francisco de Assis e voltei com mais entusiasmo para fazer o bem com bons modos na sociedade, filosofia franciscana.

*Publicitário e Jornalista

BRIZOLA, MARINHO, PELÉ E IEDA NA PROPAGANDA

*João Firme

Maravilha meu trabalho de conclusão do curso que se transformou em entrevista e depois transmitida pela poderosa Voice of América da capital de Thomaz Jeferson, colocado no ar em setembro de 1965, quando era formando de publicidade da Famecos e realizador, em nome da turma, da Exposição dos Financiados da Aliança para o Progresso – EFAP.

Uma proeza jovem no início da triste Revolução de 64, quando eu protestava pela falta de liberdade de imprensa e por isso fui virado no avesso pelo FBI, para poder ir divulgar e convidar para a inauguração os irmãos senadores Ted e Johnson Kennedy, em Washington, e Jacqueline Kennedy, em Nova York.

Com a coragem de Paixão Côrtes, sentei à mesa no estúdio e me senti livre para o debate como um Quero-Quero dos Pampas. “Cite três obras e as personalidades mais conhecidas no Brasil”. Respondi: “O governador Leonel Brizola, pelo Plano de Escolarização, conquista da Refinaria Alberto Pasqualini e a construção da Estrada da Produção que corta o Estado do RS, que teve em 64 o financiamento do asfalto pela Aliança para o Progresso”.

Quanto às Personaldades: “Pelé, ‘rei da bola’; Roberto Marinho, pela defesa de liberdade de imprensa e Ieda Maria Vargas, Miss Universo que casualmente é do meu Clube Cantegril, onde sou diretor social”.

Ao terminar, apareceu um sinal verde no estúdio e, ao sair da mesa, quase caí pelos abraços do meu entrevistador Emilio Braier, de Cachoeira do Sul, que era o diretor do setor brasileiro da Voz da América.

Na mesma linha, dei entrevistas na Voz da OEA – Organização dos Estados Americanos, no Washington Post, New York Times e na rede de TV CBS que, em 15 de dezembro de 1965, vieram à EFAP no Parque Menino Deus de Porto Alegre. A exposição foi inaugurada pelo poderoso Justino Bastos, comandante do do III Exército e fui escolhido para mostrá-la com um batalhão de seguranças. Não tocaram em mim em nenhum momento porque entenderam que tenho a bandeira da Propaganda, a mão direita da liberdade de imprensa. 

*Publicitário e Jornalista

ENCONTRO DO BEM VALORIZA O IDOSO NA SOCIEDADE

20180207124247

O Encontro do Bem teve mais uma edição de sucesso. Promovido em 7 de fevereiro no Centro de Convenções Laçador, capitaneado pelo Rotary Club São João, o evento reuniu mais de 50 rotarianos e teve como ponto alto a palestra “Valorização do Idoso na Sociedade”, ministrada pela Dra. Liselotte Ursula Bruhn de Almeida, neurologista e geriatra de 88 anos que continua em plena atividade no Hospital Conceição.

A médica apresentou as características do envelhecimento, esclarecendo as mudanças do corpo e do organismo, dando dicas de como viver melhor na Terceira Idade. “O vinho é necessário, desde que apreciado com parcimônia”, explicou Liselotte, seguida de aplausos pelos presentes.

Na foto, da esquerda para direita, aparecem: o Vereador Reginaldo Pujol, rotariano homenageado pela colaboração com o Instituto Ver para a conquista da lei municipal do Teste do Olhinho em julho de 2007; João Firme, secretário-geral da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade), entidade que está comemorando 30 anos; Dorotéo Fagundes, do Instituto Cavaleiros Farroupilha, rotariano do São Geraldo e apresentador da Rádio Gaúcha; Alceu Carvalho, presidente do Rotary Club Viamão; Dra. Liselotte Almeida e o presidente do Rotary Club São João, Jorge Aiub Maluf.

O Encontro do Bem, um show de solidariedade por um Rio Grande melhor, teve parte da renda revestida para o Instituto Ver, a ONG da Propaganda.

FOTO: Marco Maciel

ALAP CONVIDA VALTER NAGELSTEIN PARA PALESTRAR NOS ENCONTROS DO BEM

Presidente recebe visita da Associação Latino-Americano de Propaganda (Alap). Na foto, o presidente da Câmara Valter Nagelstien, o presidente da Associação Latino-Americana de Propaganda (Alap) João Firme e Jair Meneghetti, consultor empresarial.

O presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, vereador Valter Nagelstein (PMDB), recebeu, na tarde de 1º de fevereiro, o presidente da Associação Latino-Americana de Publicidade (ALAP), João Firme, acompanhado do consultor empresarial Jair Meneghetti. Entre diversos assuntos tratados, os visitantes vieram convidar o vereador para participar de um dos Encontros do Bem, promovidos pela ALAP em parceria com outras entidades, como Lions Club e Rotary Club.

Como sugeriu João Firme, na próxima edição do evento, Nagelstein poderia palestrar sobre o desenvolvimento e o futuro de Porto Alegre. Segundo o publicitário, na oportunidade ainda seria realizada uma homenagem ao advogado Mathias Nagelstein, pai do presidente da Câmara, por sua contribuição para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul.

João Firme também solicitou à Câmara que ceda uma sala para o Instituto Ver, que funciona provisoriamente na sede da ALAP, no Bairro São Geraldo, mas que precisará sair do local. De acordo com ele, a entidade faz um trabalho de prevenção da cegueira atendendo crianças de até cinco anos por meio de fisioterapia e estimulação da visão em brincadeiras.

Na visita, os visitantes ainda pediram apoio da Câmara à indicação do publicitário, poeta, escritor e compositor Luiz Coronel para a cadeira aberta na Academia Brasileira de Letras (ABL) após a morte do escritor Carlos Heitor Cony. Conforme João Firme, falta na ABL um escritor que represente o universo da publicidade e propaganda.

Moção de Apoio

Nagelstein agradeceu o convite para participar dos Encontros do Bem. Sobre o Instituto Ver, o presidente disse que reconhece todos os méritos do trabalho da instituição, mas que, por lei, não é permitido à Câmara ceder seus espaços para o funcionamento de entidades privadas. O vereador comprometeu-se, porém, a verificar se há algum parceiro que possa ajudar o Instituto.

Por fim, sobre o lançamento do nome de Luiz Coronel à ABL, Nagelstein solicitou à sua assessoria que seja elaborada Moção de Apoio à candidatura do poeta nascido em Bagé (RS) a uma cadeira na instituição com sede na cidade do Rio de Janeiro. O presidente ainda convidou João Firme e Jair Meneghetti a participarem da sessão plenária da Câmara que será realizada no Catamarã ou no barco Cisne Branco, provavelmente em abril, na qual o Guaíba será tema de debate principal.

TEXTO: Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)/FOTO: Elson Sempé Pedroso (CMPA)

Reprodução da matéria original do site da Câmara Municipal de Porto Alegre: https://www.camarapoa.rs.gov.br/noticias/alap-convida-nagelstein-para-palestrar-nos-encontros-do-bem

LUIZ CORONEL SERÁ PREMIADO EM PARIS E INDICADO PARA A ABL

IMG-20180104-WA0043

João Firme e Luiz Coronel com um exemplar do projeto “Dicionários”

O Publicitário, Escritor, Poeta e Presidente Honorário da ALAP, Luiz Coronel é o grande premiado na Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris, pelo seu projeto “Dicionários” que atinge a 15ª edição com autores nacionais e internacionais e 50 mil exemplares distribuídos às instituições culturais com o apoio do Ministério da Cultura e patrocínio do Grupo Zaffari.

Ele receberá no dia 21 de setembro, na Embaixada do Brasil, o Galo de Gramado Paris, troféu franco/brasileiro idealizado pela Associação Latino-Americana de Publicidade, entidade de defesa de direitos sociais ligada à Cultura, à Arte e à Liberdade de Imprensa, quando no dia 23 de setembro de 2004 promoveu a primeira Edição Extra do Festival na Cidade Luz. Luiz Coronel receberá na capital francesa uma Ata firmada pelo presidente do Conselho de Administração da ALAP, Airton Rocha e pelo presidente Emérito e fundador da ALAP, Roberto Duailibi confirmando a indicação do seu nome como candidato a uma vaga de imortal da Academia Brasileira de Letras.

Luiz Coronel, que foi Juiz na Revolução, é fundador, com João Firme, do Sindicato das Agências de Propaganda no RS, o primeiro no Brasil e que está comemorando 40 anos de Carta Sindical Patronal, conforme a Lei 4.680/65. A foto registra a alegria de Luiz Coronel ao lado de João Firme.

FOTO: Jerry Pedroso

ENCONTRO DO BEM EM VENÂNCIO AIRES

20180131_111807

Aconteceu no dia 31 de janeiro, pela manhã, uma visita à VENAX na cidade de Venâncio Aires, para agradecer à conhecida indústria gaúcha de fogões pelo seu efetivo papel de responsabilidade social, no apoio dispensado aos eventos que a ALAP – Associação Latino-Americana de Publicidade, em parceria com o SINAPRO-RS, ABAP/RS, ARP e o Instituto Ver, promovem com a sociedade porto-alegrense.

No último Encontro do Bem ocorrido no dia 23 de janeiro em Porto Alegre, um fogão fornecido pela VENAX foi leiloado, com sua verba revertida para o Instituto Ver, a ONG da Propaganda.

Felizes estão na foto acima: Jair Meneghetti, consultor de empresas; Dorotéo Fagundes, diretor do Sistema Tarca de Comunicação e presidente do Instituto Cavaleiros Farroupilhas; Walter Bergamaschi, presidente da VENAX e João Firme, publicitário, fundador do SINAPRO-RS (40 anos), ALAP (30 anos) e Instituto Ver (10 anos).

20180201_174133

Mais feliz ainda está Suzi, no momento da entrega do fogão adquirido pelo seu sogro Wilson Osório Schuch, rotariano do bem que aderiu a mais uma causa em favor do Instituto Ver, visando novos Testes do Olhinho para que as crianças se afastem do perigo da cegueira precoce.

FOTOS: Divulgação/ALAP

ENCONTRO DO BEM – ROTARY CLUB PORTO ALEGRE BEIRA RIO HOMENAGEOU ERNESTO FAGUNDES

DSCF1294

No dia 12 de dezembro de 2017 ao meio-dia, aconteceu no Chalé da Praça XV, lugar histórico da capital gaúcha, o Encontro do Bem, idealização da ALAP – Associação Latino-Americana de Publicidade, entidade de defesa de direitos sociais voltada à arte, à cultura e à liberdade de imprensa que tem o apoio de entidades Médicas, Jurídicas, Rotary, Lions, de propaganda e de imprensa (ABAP, FENAPRO, SINAPRO-RS, ARI, AGERT, SINDIRADIO, ANER, ANJ e ABERT).

Vemos na foto João Firme, secretário-geral administrador da ALAP e rotariano; Rosane Maria Bortolini, advogada e presidente do Rotary Beira Rio; Ernesto Fagundes, artista gaúcho ligado à cultura e à arte que maravilhou os presentes com seu canto ORIGENS, primeiro passo para a integração latino-americana e lançou um concurso de fotos de gaúchos de boina com o prêmio Galo de Gramado Paris e a entrega do troféu que aparece na mesa, à melhor fotografia na 2ª Edição Extra do Festival de Gramado em Paris ou no 3º Congresso Latino-Americano de Publicidade de Gramado de 24 a 25 de outubro de 2018, o Ano do Bem.

Ao lado do Ernesto Fagundes estão: João Torres, governador do Rotary, distrito 468 e Agenor Casaril, rotariano e representante do Ministério Público do RS. O evento promoveu a dedução dos incentivos fiscais de 1% do imposto de renda para o fundo municipal da criança e de 6% de ICMS de 2017 para as entidades devidamente registradas e recomendadas pelo Ministério Público. A renda obtida com o almoço no Encontro do Bem foi revertida para a Casa do Artista a pedido de Ernesto Fagundes, que solicitou o auxílio do Rotary e do Ministério Público para darem melhor qualidade de vida para os artistas velhinhos e abandonados .

O próximo Encontro do Bem será marcado pelo otimismo, a Paz (causa do Rotary) e o amor em 2018, o Ano do Bem decretado pela ALAP. O evento ocorrerá no dia 2 de janeiro ao meio-dia no mesmo local (Chalé da Praça XV) em benefício do Asilo Padre Cacique e será marcado com a confraternização de comunicadores de agências de propaganda e de veículos de comunicação como Tulio Milman, que está voltando dos EUA onde está estudando e reassumirá suas funções do bem na Casa Menino Jesus de Praga, onde é vice-presidente, e no Padre Cacique como arauto da entidade que por muitos anos foi dirigida pelo seu notável pai.

FOTO: Marco Maciel (jornalista da ALAP).

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!