ALAP | Associação Latino-Americana de Publicidade

LUÍS FERNANDO VERÍSSIMO É HOMENAGEADO NO ENCONTRO DO BEM

Da esquerda pra direita: o presidente do IVER João Firme, Luís Fernando Veríssimo, o publicitário Paulo Boanova, o jornalista Ayres Cerutti e o presidente da ARI Luiz Adolfo Lino de Souza

Aconteceu nesse sábado, dia 6 de julho, mais uma edição do Encontro do Bem. O tradicional show de solidariedade por um mundo melhor ocorreu na Churrascaria Laçador, em Porto Alegre, numa reunião-almoço em comemoração aos 85 anos do presidente do Instituto Ver Hesíodo Andrade e secretário-geral da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade) João Firme.

O homenageado especial foi Luís Fernando Veríssimo. Presente no evento, ele recebeu oficialmente do aniversariante a Medalha Érico Veríssimo, que será entregue nos próximos eventos da ALAP aos melhores projetos de Propaganda Ética e Social. Outro momento especial foi a apresentação de uma peça publicitária, veiculada em 1975, de divulgação da Fenatrigo (Feira Nacional do Trigo) daquele ano em Cruz Alta, realizada pela hoje extinta agência Arauto Publicidade, na época pertencente a João Firme. O texto do anúncio foi assinado por Érico Veríssimo, poucos meses antes de sua morte.

“Meu pai (Érico) sempre teve essa admiração pela imprensa e pela publicidade, pois foi o primeiro presidente da ARI (Associação Riograndense de Imprensa). Agradeço ao João Firme que é esse trator da publicidade e também um agitador cultural”, disse Luís Fernando Veríssimo, fazendo alusão às palavras proferidas minutos antes pelo Diretor de Marketing e Negócios da ALAP, Roner Anderson, que antes de recitar para os presentes a Oração ao Publicitário, exclamou que João Firme é “um trator da publicidade”. O autor de “O Analista de Bagé” foi presenteado por Firme com seu livro “Causas e Concausas da Vida de um Comunicador”.

Veríssimo agradece a João Firme, a quem chamou de trator da publicidade e agitador cultural

O Encontro do Bem iniciou com a bênção do Pároco Luís Inácio Ledur, da Igreja Cristo Bom Pastor, situada na zona norte da capital gaúcha. Na sequência, João Firme entregou o Certificado Águia de Haia à advogada Ana Paula Silva, do 1º Cartório de Porto Alegre, que oficializou os novos nomes do Conselho de Administração da ALAP para o triênio 2019-2021, lidos pelo consultor empresarial Jair Meneghetti.

Durante o evento, João Firme anunciou a prorrogação da ação entre amigos que sorteará um fogão modelo Palladio 5Q da marca VENAX. Os bilhetes virtuais podem ser comprados por R$ 20,00 no link abaixo do PagSeguro.

O sorteio será realizado no próximo Encontro do Bem, a ser realizado no dia 2 de agosto às 10h no Cerepal (Centro de Reabilitação de Porto Alegre), para onde a renda da ação será revertida, juntamente com o Instituto Ver. Sempre divertido e irreverente, o publicitário Paulo Boanova ofereceu um pocket show para os convidados.

Texto e fotos: Marco Maciel
Galeria de fotos e vídeos do Encontro do Bem no Facebook da ALAP.

WILLY HAAS FILHO PRESTIGIA A ALAP

Willy Haas Filho (E) exibe a medalha Roberto Duailibi e João Firme (D) apresenta a carteira de publicitário dada ao executivo

Na tarde do dia 4 de julho, o ex-diretor geral de negócios da Rede Globo Willy Haas Filho visitou a sede da ALAP e conheceu o Instituto Ver Hesíodo Andrade em Porto Alegre.

Após conhecer a ONG da Propaganda, da Justiça e do Paixão Côrtes, Willy, que deixou a emissora em 2018, doou um valor de grande importância para o IVER desenvolver seus serviços com técnicos habilitados de atendimento gratuito na reabilitação e estimulação visual em crianças com até cinco anos, portadoras de doenças congênitas oculares como glaucoma, catarata e câncer de fundo de olho. Graças ao IVER, que recebe a criança com o laudo médico do oftalmologista dando o número de sessões, 22 pequenos não ficam cegos na cidade sorriso desde junho de 2007, quando foi sancionada pelo então prefeito José Fogaça a primeira Lei Brasileira do Teste do Olhinho.

O secretário-geral da ALAP e presidente do Instituto Ver, João Firme, entregou para Willy Haas Filho a medalha ”Roberto Duailibi – Honra ao Mérito”, além da carteira de Publicitário emitida pela ALAP como documento de prova Profissional de fé pública no território da Pátria Amada Brasil. Perante alguns diretores voluntários, Firme recordou sua amizade com Willy desde o tempo em que ele era contato de uma grande empresa representativa de jornais, revistas, emissoras de rádios e de televisão na década de 60, afirmando que respeitava-o por professar a propaganda com ética, amor, justiça e verdade.

O empreendedor, jornalista e publicitário Willy Haas Filho é cumprimentado na foto acima pelos Conselheiros Jerry Pedroso, Abdon Barretto Filho, a fonoaudióloga Ana Paula Vacaro, seu marido Roner Anderson, seu marido e Diretor voluntário de Marketing e Negócios do Instituto Ver.

O Instituto Ver está situado na Av. Pernambuco, 2623/602 (a uma quadra da Cristóvão). Telefone (51) 32225222. Site: www.institutover.org.br. E-mail: ongiver@gmail.com

Fotos: Marco Maciel

INSTITUTO VER DA PROPAGANDA E DA JUSTIÇA AJUDADO PELOS OFTALMOLOGISTAS


Aconteceu dia 21, às 22h, o jantar Black Tie da Sociedade de Oftalmologia do RS, no Grêmio Náutico União, uma linda festa de confraternização mundial de oftalmologistas  especializados em inúmeras áreas de doenças oculares da visão, entre as quais da criança para a qual é o Instituto Ver Hesíodo Andrade tem a primeira lei Brasileira de reconhecimento desde junho de 2007 em Porto Alegre  e graças aos seus serviços de estimulação e reabilitação visual infantil, 22 crianças não ficam cegas ao ano na cidade sorriso, representando uma economia ano de R$ 21 milhões para o município. A atração principal  além da premiação de projetos da medicina oftalmológica e preitos pára personalidades da área, foi o sorteio de um bracelete de 15 mil reais em benefício do IVER  que necessita de recursos  para ampliar seus serviços gratuitos numa demanda de uma criança ficar cega a cada 1 minuto. Na foto ,a Dra. Isabel Habeyche Cardoso, presidente da SORIGS, uma grande mulher, Santa Luzia das criancinhas,segundo João Firme, para não perderem a visão;

À minha direita aparece o Dr. Victor Santos com sua esposa, diretor financeiro da entidade. O ganhador da apreciada joiia foi um médico gaúcho.

GRAMADO RECEBE A OITAVA EDIÇÃO DO PRÊMIO ESTUDANTIL

Gramado recebe a oitava edição do Prêmio Estudantil

Os vencedores do 8° Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, da esquerda pra direita: Bruna Franco, Emanuelle Livi Canielas, dra. Rosane da Cruz Ferreira (responsavel técnica do Instituto Ver, que entregou os certificados), João Firme (secretário-geral da ALAP), Sergio Ricardo Barsotti Júnior, Augusto Hiroshi Kuamoto, Selva Andreoli (presidente internacional institucional da ALAP) e Leonardo Altoé.


Texto e fotos: Marco Maciel (jornalista)

Aconteceu nos dias 6 e 7 de junho a oitava edição do Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, promovido pela ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade) na cidade das hortênsias na Serra Gaúcha. Desde 2005, o evento premia projetos de propaganda ética e social idealizados por universitários, atendendo solicitação do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Outros eventos paralelos foram realizados em conjunto.

O publicitário Caê Caráccio, CEO da Porto Criativo Comunicativo On/Off de Araraquara-SP e presidente da ALAPCOMM (Associação Latino-Americana de Professores de Comunicação e Marketing), coordenou o 8º Prêmio Estudantil no Hotel Laghetto Stilo Borges, juntamente com a uruguaia Selva Andreoli, Presidente do Grupo Perfil de Montevidéu, Presidente de Honra da premiação e eleita Presidente Internacional Institucional da ALAP. 

As peças de projetos e propaganda ética e social vitoriosas foram apresentadas, juntamente com algumas premiadas na Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris, realizada no dia 21 de setembro de 2018, na Embaixada do Brasil na capital francesa. Os assuntos dominantes nos trabalhos dos estudantes foram o assédio e o empoderamento feminino.

Relação de vencedores do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, eleitos por júri online presidido por Gil Kurtz, publicitário da Vossa Comunicação de Porto Alegre. Todos os universitários premiados são da ESPM Sul de Porto Alegre.

ANÚNCIO DE JORNAL: “A vida do seu filho pode estar nas mãos de alguém”. Estudantes: Matheus Motta de Carvalho e Leonardo Altoé. ESPM Sul.

CARTAZ: ”Rugido da Leoa”. Estudante: Caroline Volpato. ESPM Sul.

RÁDIO: “Campanha pelas mulheres”. Estudante: Cássio Machado Henrique. ESPM Sul.

CINE/TV: “Pesadelo”. Estudantes: Augusto Hiroshi Kuamoto e Sergio Ricardo Barsotti Junior. ESPM Sul.

MENÇÃO HONROSA: “Partidas que permitem chegadas”. Estudantes: Emanuelle Livi Canielas e Caroline de Oliveira Pereira. ESPM Sul.

Os certificados para os estudantes foram entregues por Selva Andreoli e pela dra. Rosane da Cruz Ferreira, oftalmologista pediátrica e responsável técnica do Instituto Ver Hesíodo Andrade, ONG parceira da ALAP que visa reduzir a cegueira infantil. 

Abertura Solene na Sociedade Recreio Gramadense

Luiz Coronel discursa, observado por Fedoca, Selva Andreoli e João Firme

O primeiro dia teve como sede a Sociedade Recreio Gramadense, com o prefeito de Gramado, João Alfredo de Castilhos Bertolucci, o Fedoca (PDT), dando as boas-vindas aos presentes. O mestre de cerimônias nos dois dias foi o radialista Mathias Santos. 

O poeta e publicitário Luiz Coronel, fundador e presidente honorário da ALAP, realizou a abertura solene do evento. “A ALAP já trouxe pra Gramado cinco mil estudantes de 19 países, para verdadeiros cursos de comunicação e propaganda com grandes mestres de todo mundo. Isso é uma herança que tem que ser valorizada, que não pode se perder pela estrada”, disse Coronel, que mais tarde doou livros para a Biblioteca de Gramado, acompanhado do prefeito Fedoca.

A Publicidade à Serviço dos Deficientes e Humildes

Dando início ao painel “O que a Publicidade e a Sociedade podem fazer pelas Crianças Deficientes”, a publicitária uruguaia Selva Andreoli palestrou sobre o favorecimento da propaganda na inclusão das pessoas especiais. “A publicidade tem um grande poder de transformação social. É um dos meios onde se encontram as maiores oportunidades de disseminação da diversidade e normalização da inclusão”, colocou Selva, avaliando que a publicidade deve ser inclusiva e mostrar todos os tipos de pessoas, como as com síndrome de Down e as mulheres “reais”, sem o dito estereótipo de “perfeita”. 

A advogada e empresária Heloísa Helena Lopes, vice-presidente da Sicredi Pioneira RS, fez palestra sobre o cooperativismo como instrumento do desenvolvimento local e regional. “Existe um círculo virtuoso no cooperativismo, ligado à qualidade de vida, aos empregos e aos negócios gerados. Com responsabilidade social e viabilidade econômica, criamos condições para transformar as comunidades.”, resumiu Heloísa Helena Lopes.

O Presidente do SINAPRO-SP (Sindicato das Agências de Propaganda de São Paulo), Dudu Godoy, relatou a ousadia da Nobullshit (NBS) – agência da qual é VP Executivo – de abrir uma unidade no Morro Santa Marta, em plena comunidade no Rio de Janeiro. “Não foi por caridade, não é pelo social. É entender a comunidade como ela funciona e fazer as marcas de relacionarem com ela” justificou, citando uma campanha de sucesso da rede “O Boticário” junto aos moradores do local. “Se você não por a mão na massa, não adianta só sentar no computador. Se você não experimentar e estudar o ambiente, vai criar o quê? Mantemos a estrutura na comunidade pra não perdermos o conhecimento. Faz parte do aprendizado”, completou o publicitário Dudu Godoy.

Especialista em Turismo Paleontológico, o professor universitário Abdon Barretto Filho teve a sua campanha do Dino Tchê premiada na Edição Extra do Festival de Gramado em Paris, realizado no dia 21 de setembro de 2018 na capital francesa. Segundo ele, o fóssil do dinossauro mais primitivo do mundo teria sido encontrado em Santa Maria em 1936. “O Rio Grande do Sul é o berço dos dinossauros”, exclamou Abdon, que criou o personagem Dino Tchê junto com o ilustrador Byrata Lopes em 1997.

Debate sobre Liberdade de Imprensa

João Firme, Francisco Moesch, Tulio Milman e Heloísa Helena Lopes. Ao fundo, Mathias Santos e Abdon  Barretto Filho (no microfone)

O jornalista do Grupo RBS, Tulio Milman, esteve na Sociedade Recreio Gramadense para abrir o painel “2º Fórum Latino-Americano de Liberdade de Imprensa e à Propaganda”. Ele recordou que era adolescente quando o regime militar se encerrou, com a liberdade ainda restrita. “Saímos de outro extremo e qualquer questionamento ao trabalho dos jornalistas era confundido com censura. No final da década de 80, eles eram tratados como semideuses”, analisou Tulio Milman, que vê os profissionais que exercem a profissão como intermediários. “Emprestamos nossos olhares para que o público possa ter acesso à informação e formar sua convicção sobre os temas que lhe dizem respeito. Quando o profissional entende que é um processador de informação e de análise à serviço do povo, ele será um bom jornalista”, concluiu.

Patrono do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, o desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Francisco José Moesch, comparou o posto com a ancestralidade, acrescentando a importância do controle de forma imperativa e judicial da propaganda e da publicidade. “Tudo passa por uma política nacional de relações de consumo, através do Ministério da Justiça e das entidades ligadas como o CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária)”, disse Moesch, complementando que a publicidade precisa ser veraz e ter vinculação com o que é anunciado. Homenageada no evento, a presidente da OAB Subseção Canela e Gramado, Anne Grahl Müller, recordou que seu desejo inicial era ser jornalista. “Mas advocacia também é comunicar”, opinou a advogada. 

Amapá sendo bem representado no Rio Grande do Sul


Yuri Bezerra (ao centro com os troféus) celebra o Estado do Amapá no extremo sul do Brasil

O professor universitário e radialista Yuri Bezerra, através do Projeto Aula na Empresa do Instituto Federal do Amapá (IFAP Campus Santana), trouxe cinco estudantes amapaenses para Gramado. O projeto recentemente foi vitorioso no Prêmio SEBRAE Educação Empreendedora. “Levamos alunos da sala de aula para as empresas, onde respiram seus ambientes e entendem as necessidades dos clientes e suas metas”, explica Bezerra, um dos Publicistas Latino-Americanos de 2019, que homenageou o secretário-geral da ALAP João Firme com o Troféu Galo da Amazônia Brasil. 

Yuri Bezerra entregou a Medalha Galo da Amazônia Brasil aos seguintes alunos do seu curso técnico de publicidade: Naely Flávia Isacksson da Silva, Dulce Maria do Espírito Santo, Bianca Mota da Silva, Maria Laura de Jesus e Gustavo Lamazé Rodrigues. Este último também foi laureado com o Troféu Galo da Amazônia. 

Ao término da cerimônia, foram exibidas as bandeiras do Estado do Amapá e do Instituto Federal do Amapá – IFAP, ao mesmo tempo em que Luiz Coronel assinou a ata de posse do novo Conselho Consultivo e Diretoria Executiva da ALAP para o período de junho de 2019 a junho de 2021, representando o novo presidente do Conselho, o publicitário Eduardo Simon, CEO da DPZ&T. João Firme e Abdon Barretto Filho, presidente da Assembleia Geral, também assinaram o documento.

Controle total da qualidade de gestão

Da esquerda pra direita: José Dionísio Rodrigues, Fabiano Del Rey e Raul Audi

O segundo dia do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado ocorreu no Hotel Laghetto Stilo Borges. A abertura dos trabalhos foi com a “2ª Convenção de Produtividade e Qualidade Total em Publicidade”, workshop que teve como curadora Elizabeth Oliveira, consultora da ADT Consultoria Empresarial. “A gente não padroniza criatividade. Você faz do jeito que você quiser. Mas é possível implementar padrões”, explicou Elizabeth, sublinhando a importância do alinhamento entre as estratégias e a operação.

Quatro agências foram certificadas com o ISO 9001, pelo controle total da qualidade da gestão interna. Em 1999, a e21 MultiComunicação de Porto Alegre foi a primeira, sendo depois seguida pelo Grupo OM de Curitiba (2007), Ideia 3 de Salvador (2016) e Audi Propaganda de Presidente Prudente-SP (2018). O debate reuniu representantes destas agências (à exceção da baiana), com a coordenação do publicitário Dudu Godoy. 

Raul Audi disse que o primeiro passo foi definir a postura estratégica da então pequena agência situada no interior paulista, contratando uma pesquisa de satisfação dos clientes e criando indicadores para cada processo, os apresentando trimestralmente de forma aberta pra todos. “Conquistamos a posição de 2ª e 3ª melhor agência do Brasil para se trabalhar pelo GPTW (Great Place to Work) por dois anos consecutivos”, exaltou o publicitário de Presidente Prudente.

Luiz Rotilli Teixeira (o Gaúcho do Aeroporto), Abdon Barretto Filho, Dudu Godoy, João Firme e Elizabeth Oliveira

Já o português José Dionísio Rodrigues, que preside o Grupo OM Marketing & Comunicação e o conselho de ética do SINAPRO-PR (Sindicato das Agências de Propaganda do Paraná), avaliou que cada atividade da comunicação tem uma natureza diferente. “Não é que nem as agências de publicidade, que o processo é relativamente fácil. O que é mais difícil é ser criativo”, disse com bom humor Dionísio, complementando com a necessidade de aperfeiçoamento em termos de processo com o planejamento estratégico e a organização, conscientizando o gestor. “Temos cinco empresas e três são certificadas. Se você não tiver um sistema de gestão de qualidade, dificilmente sobreviverá nos anos seguintes”, alertou o publicitário.

Para Fabiano Del Rey, gerente comercial da e21 Multicomunicação, a certificação aperfeiçoou a metodologia de atendimento, evoluindo não só nas partes estratégicas, mas também nas de performance. “A e21, neste período estava obcecada por processos, padrão e qualidade total de atendimento aos seus clientes”, falou Del Rey, destacando que na época atendia o Banrisul e mais de 20 outros clientes, representando um período de absoluto crescimento da agência. “Mudamos a marca para e21, alteramos a sede, abrimos operação em SC e começamos a atender clientes em SP como a Ipiranga Química. Nos ajudou, sem dúvida, a consolidar nosso processo de crescimento”, completou.

Ao término do debate, os participantes foram agraciados com o Galo de Gramado – Paris.

Fórum do Bem-Estar dos Animais

Da esquerda pra direita: Rubens Severo de Souza, Pedro Ferraz (com o certificado), Marise Lima e João Firme

Na sequência dos trabalhos no Hotel Laghetto Stilo Borges, ocorreu o 2º Fórum do Bem-Estar dos Animais, coordenado pelos veterinários Pedro Ferraz, Marise Lima e Rubens Severo de Souza. Segundo Ferraz, as pessoas se socializam mais quando tem animais, apesar de avaliar erros cruciais na formação do comportamento dos mascotes. “O cão vive em matilha e pertence à outra vertente social. Na matilha, um manda e outro obedece. Na família há concessões. O cão não sabe viver com concessões”, comparou o veterinário.

Para Pedro Ferraz, o cachorro nasce perfeito, mas quem o estraga é o dono, advertindo para o excesso de carinho que pode provocar alterações psicológicas no animal. “O dono não pode deixar que o cão ocupe espaço de liderança. A melhor máquina de olfato que existe na terra é dos cachorros. Eles sentem cheiros que nem sabemos que existem, pois possuem 800 milhões de células olfativas contra 5 milhões do ser humano”, explicou didaticamente. Os três veterinários receberam o Certificado Paixão Côrtes Celestial.

Convergência e novas tendências na mídia

Dudu Odécio (Síntese Comunicação de Fortaleza), Caê Caráccio (Porto Criativo de Araraquara) e Rinaldo Pessoa (RPG Comunicação de João Pessoa) exibem suas placas Galo de Paris com Selva Andreoli e João Firme

Representando a Paraíba no 8º Prêmio Estudantil, o CEO da RPG Comunicação Rinaldo Pessoa foi um dos nomes do painel “A nova onda da propaganda ética e social nas plataformas de mídia”. O publicitário paraibano colocou que a melhor premiação é aquela que muda a vida das pessoas. “A publicidade é uma ferramenta poderosa, que deve sempre contribuir para termos uma sociedade melhor”, disse, trazendo os dados de que cerca de 2,7 milhões de crianças exercem algum tipo de trabalho infantil. “Nós, publicitários, somos agentes transformadores”, completou Rinaldo.

Diego Piñero fala sobre Big Data

O diretor do Grupo Perfil e CEO da empresa Ideia Big Data do Uruguai, Diego Piñero, destacou que o Big Data (conjunto de dados que precisam ser processados e armazenados) é fundamental para as pesquisas que envolvem gestões públicas e marketing eleitoral. Ao mesmo tempo, considera que a imprensa vive o ponto mais débil de sua história. “Com o crescimento das redes sociais, as fake news acabam se tornando Big Fake”, opinou, dando como exemplo um vídeo com uma declaração constrangedora do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na verdade manipulada digitalmente e propagada para o público. “Até quando Twitter e Facebook vão seguir pautando o jornalismo? Como gerir progresso na geração digital? A palavra se tornou impotente”, opinou Luiz Coronel, logo após o fim da palestra de Piñero.


Tiago Denardin palestra sobre design na era digital

Ao falar sobre design na era digital, Tiago Denardin, diretor de estratégia da agência GH Branding (oriunda de Santa Rosa-RS), comparou a novidade do “drive thru” (serviço de venda de fast-food ao cliente sem que este saia do carro), que revolucionou o Brasil nos anos 90, com os aplicativos vigentes hoje em dia como Rappi e Uber Eats. “Toda hora, um entregador do aplicativo entra numa loja cadastrada para coletar o pedido. É um dilema dos novos tempos”, comentou Denardin, avaliando esta convergência como um ecossistema para o consumidor, dando também o exemplo do WeChat, um app similar ao Whatsapp na China que, além da simples troca de mensagens, permite outros tipos de serviços.

Dra. Rosane da Cruz Ferreira mantém a parceria afinada com o Instituto Ver, com a ALAP e com João Firme

No final do evento, a oftalmologista pediátrica Rosane da Cruz Ferreira trouxe aos presentes a palestra “Novas Tecnologias do Teste do Olhinho para evitar a Cegueira Precoce em Crianças que nascem com Doenças Congênitas da Visão”. Luiz Rotilli Teixeira, o Gaúcho do Aeroporto, encerrou o 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado declamando o poema “Chimarrão”, de Glaucus Saraiva.

CONFIRA OS VENCEDORES DO 8º PRÊMIO ESTUDANTIL INTERNACIONAL DE GRAMADO

Da esquerda pra direita, Gil Kurtz, João Firme, Alessandro Souza e Abdon Barretto Filho. FOTO: Gabriela Greniuk – Co.De Foto

Foi concluída na última sexta (24 de maio), na ESPM-Sul em Porto Alegre, a apuração da votação online do júri popular do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, que avaliou Projetos de Propaganda Social realizados por estudantes. As peças premiadas serão apresentadas no dia 7 de junho, às 17h, no encerramento do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, no Hotel Laghetto Stilo Borges.

A Comissão Organizadora, composta pelo professor universitário Abdon Barretto Filho, o coordenador dos cursos de Jornalismo e Publicidade da ESPM-Sul Alessandro Souza e o Publicitário e Presidente do Júri Gil Kurtz (todos Conselheiros da ALAP), definiu os seguintes vencedores:

1) ANÚNCIO DE JORNAL: “A vida do seu filho pode estar nas mãos de alguém”. Estudantes: Matheus Motta de Carvalho e Leonardo Altoé.

2) CARTAZ: ”Rugido da Leoa”. Estudante: Caroline Volpato.

3) OUTDOOR: Nenhuma peça inscrita atingiu a pontuação mínima.

4) RÁDIO: “Campanha pelas mulheres”. Estudante: Cássio Machado Henrique.

5) CINE/TV: “Pesadelo”. Estudantes: Augusto Hiroshi Kuamoto e Sergio Ricardo Barsotti Junior.

6) MÍDIA ONLINE: Nenhuma peça atingiu a pontuação mínima.

A Comissão Organizadora também decidiu premiar com MENÇÃO HONROSA o trabalho: “Partidas que permitem chegadas”. Estudantes: Emanuelle Livi Canielas e Caroline de Oliveira Pereira.

ENCONTRO DO BEM HOMENAGEIA PREFEITURA DE PORTO ALEGRE

20190315_090538Da esquerda pra direita: Tirone Michelin, Ronald Greco, Ricardo Schlomer Gomes e João Firme

Aconteceu na manhã de 15 de março, no auditório Hipólito José da Costa na ARI (Associação Riograndense de Imprensa) em Porto Alegre, mais uma edição do “Encontro do Bem”. No evento, foram entregues Preitos de Gratidão e premiações referentes à Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado, em Paris, realizada em 21 de setembro de 2018 na Embaixada do Brasil da capital francesa.

Representando o Prefeito da capital gaúcha Nelson Marchezan Júnior (PSDB), compareceu ao “Encontro do Bem” o Coordenador de Relações Consulares e Internacionais da Secretaria Municipal de Relações Institucionais, Ricardo Schlomer Gomes. Em nome de Marchezan, Gomes recebeu do Secretário-Geral da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade) e Presidente do Instituto Ver Hesíodo Andrade, João Firme de Oliveira, a láurea Galo de Gramado-Paris, premiação hors-concours concedida pela ALAP à Prefeitura de Porto Alegre pela campanha “Aluguel Solidário – A Vida de Casa Nova”, lançada em dezembro do ano passado, elaborada pelo Clube de Criação do Rio Grande do Sul. A ação, feita em parceria com a Associação Riograndense de Propaganda (ARP), visa reduzir os moradores de rua da cidade.

Historiador, o pelotense Ricardo Schlomer Gomes contemplou as fotografias de notáveis da comunicação gaúcha espalhadas pelo auditório da ARI e se mostrou otimista apesar das perspectivas atuais. “Ainda tenho esperança de ver o Brasil melhor. Esperança é a palavra que nomeia o brasileiro. Se perdermos ela, o que faremos com esse país?”, refletiu o gestor, que também é Cônsul Cultural do Instituto Cavaleiros Farroupilhas.

O publicitário e jornalista João Firme de Oliveira fez questão de enaltecer a Prefeitura de Porto Alegre pela receptividade com a Propaganda Ética e Social, além de solicitar auxílio e novos associados para o Instituto Ver, ONG criada em 2007 que visa, através do Teste do Olhinho e de sessões de estimulação e reabilitação visual, reduzir a cegueira precoce em crianças de até cinco anos. “Muitas crianças são erroneamente diagnosticadas com autismo, sendo que apenas precisam de óculos”, esclareceu Firme, citando como responsável pela pesquisa a oftalmologista pediátrica Rosane da Cruz Ferreira, fundadora da instituição.

Ainda foram distribuídas as láureas Quero-Quero do Bem, Águia de Haia e Paixão Côrtes Celestial para o representante do Rotary Internacional, Tirone Lemos Michelin, e o Consultor do Grupo M. Stortti, Ronald Greco.

Texto e fotos: Marco Maciel

O RIO GRANDE QUE DÁ CERTO, NO PENSAMENTO DE JOÃO FIRME

Na TV Bandeirantes de Porto Alegre, no dia 12 de agosto de 2017, a entrevista do secretário geral da ALAP, João Firme, para o programa “O Rio Grande que dá Certo”, teve grande repercussão pelos seus posicionamentos com a mensagem “Acredite no Brasil, Faça o Bem”.

FESTIVAL DE PUBLICIDADE DE GRAMADO É ADIADO PARA 2020

image

Anteriormente confirmado para ocorrer entre 5 e 7 de junho deste ano, o 22º Festival Mundial de Publicidade de Gramado foi adiado para 2020. Segundo Itamar Gravem, diretor de Marketing da Associação Latino-Americana de Propaganda (Alap), entidade organizadora do evento, em entrevista ao site Coletiva.net, as definições para o festival demoraram muito para acontecer e, por isso, houve o adiamento.

“O ano passado foi muito complicado na questão de patrocinadores, por ser período político, com muita turbulência. Então, algumas decisões foram tardias. Um evento desse tamanho não pode ser feito em 90 dias. Não houve prazo hábil”, lamentou. O publicitário enfatizou que, sem o apoio das grandes empresas, fica inviável a realização do festival e, por conta disso, em uma decisão que considera prudente, o evento ocorrerá em 2020, para que fique no “padrão que sempre foi feito”.

De acordo com Itamar, as definições de datas e local devem acontecer em, no máximo, 10 dias, mas garante que o festival será realizado na primeira quinzena de junho, como de costume. “Na próxima semana, já devemos anunciar os dias e o local em que o Festival de Publicidade de Gramado acontecerá, colocando o site no ar”, contou.

Tradicionalmente realizado de dois anos em dois anos, o evento terá, agora, um intervalo de três – o último ocorreu em 2017. Como “a edição de 2019 foi apenas adiada”, Gravem disse que, em 2021, o evento deverá acontecer normalmente.

Matéria original do site Coletiva.net.

CIEE-RS SEDIA MAIS UM ENCONTRO DO BEM

20190322_093415Da esquerda pra direita: Cláudio Inácio Bins (gestor de relações institucionais do CIEE-RS), Luiz Carlos Eymael (superintendente executivo do CIEE-RS), Günther Staub (presidente de relações internacionais da ALAP), Luiz Coronel (poeta e publicitário), João Firme (secretário-geral da ALAP e presidente do Instituto Ver), Amaralina Xavier (gestora de comunicação e projetos sociais da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho) e Rosane da Cruz Ferreira (responsável técnica do Instituto Ver)

Na manhã de 22 de março, aconteceu mais uma edição do “Encontro do Bem”, promovido pela ALAP – Associação Latino-Americano de Publicidade, em parceria com o Instituto Ver Hesíodo Andrade, na sede do CIEE-RS (Centro de Integração Empresa – Escola) em Porto Alegre. O publicitário João Firme de Oliveira, organizador do evento, entregou Preitos de Gratidão como os Certificados Benemérito do Instituto Ver e Paixão Côrtes Celestial.

Luiz Coronel: política anda em ziguezague

O evento teve palestra do poeta e publicitário Luiz Coronel. Para ele, a política atual do Brasil anda em ziguezague, ao invés de em linha reta, havendo uma desarticulação tão grande dos valores fundamentais da sociedade, que o humanismo acaba ficando pra trás. “Ele é soterrado por uma ideologia que acredita que apenas a violência, as armas, a disciplina e a prepotência do poder poderão resolver nossos problemas, sendo que estes se encontram no relacionamento humano”, declarou.

Luiz Coronel comentou sobre a propaganda ser um “casamento estranho” entre comércio e arte. “Comércio pela expansão de mercado, de produtos e desenvolvimento econômico. E arte pelo poder de emoção e de maravilhar e seduzir as pessoas”, justificou, lamentando que a publicidade não mobilize esforços e empenhos de forma suficiente para obter conduta solidária, citando como exemplo a campanha do Teste do Olhinho promovida pelo Instituto Ver. “São abertas as cortinas para o mundo àqueles que a vida privou de enxergar, devolvendo ao olhar humano a maravilha do universo. Que a consciência humana e o sentimento de solidariedade nos mobilize a tempo de valorizarmos a sociedade, pois sem a bondade somos muito pequenos e não dignos da denominação ser humano”, refletiu o poeta.

Pouco caso do Ministério da Saúde com o Teste do Olhinho

Na sequência, foi a vez da oftalmologista pediátrica Rosane da Cruz Ferreira, fundadora e responsável técnica do Instituto Ver, conduzir a palestra “Novas Tecnologias do Teste do Olhinho para evitar a Cegueira Precoce em Crianças que nascem com Doenças Congênitas da Visão”. Questionada por Luiz Coronel sobre a atuação do Ministério da Saúde na causa, a médica lamentou a falta de interesse dos governantes na questão. “Há pouco cuidado com as crianças, pois a dedicação é maior ao tratamento das cataratas nos idosos, por exemplo”, comparou Rosane, exclamando que o Instituto Ver é a única ONG no Brasil que trabalha na prevenção exclusiva da cegueira infantil.

O presidente de Relações Internacionais da ALAP, Günther Staub, cobrou da Prefeitura de Porto Alegre o auxílio dos postos de saúde ao Teste do Olhinho e às sessões de estimulação e reabilitação visual. “O Instituto Ver precisaria ter existido há 100 anos. Se houvesse há mais tempo, o país seria muito melhor”, opinou Staub. Já Luiz Coronel, que na noite anterior relatou ter jantado com o vice-presidente da República Hamilton Mourão, prometeu levar ao Governo Federal o projeto.

Apoio da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho

A gestora de comunicação e projetos sociais da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, Amaralina Xavier, destacou a atuação de 32 anos da entidade com projetos na área de desenvolvimento comunitário e educação, através do processo “Apoio de Mídia”, que cede gratuitamente para organizações filantrópicas, ONGs, institutos ou causas sociais espaços em todos os veículos do Grupo RBS. “A comunicação não é só uma ferramenta de propagação, como também pode mobilizar pessoas. É nosso papel como mídia ajudar a população sobre quais as boas causas, os reais fatos que estão acontecendo no mundo e fazer a mediação para as pessoas construírem suas certezas e suas verdades”, disse Amaralina, relatando que a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho doa anualmente quase 40 milhões de reais de mídia para cerca de 300 instituições de todo o Rio Grande do Sul.

Ao término do Encontro do Bem, o superintendente executivo do CIEE-RS, Luiz Carlos Eymael, também prometeu engajamento na campanha do Instituto Ver. “Temos 60 unidades espalhadas pelo estado que estarão à disposição. Passarei tudo para o CIEE nacional”, garantiu Eymael, que recebeu de Coronel o livro de Libras “Em Mãos, Português como Segunda Língua para Surdos”, de Suzana Silva Zaffari, Donatella Camozzato, Maria da Graça Casa Nova e Tatiane Folchini dos Reis, promovido pelo Ministério da Cultura e pelo Grupo Zaffari.

Texto e foto: Marco Maciel
Fotos e vídeos do evento no Facebook da ALAP.

BRIGADA MILITAR RECEBE PREMIAÇÃO DA ALAP

Aconteceu no dia 9 de janeiro, à tarde, no Gabinete do Comandante-Geral da Brigada Militar em Porto Alegre, a entrega do Certificado e do primeiro troféu Paixão Côrtes Celestial, idealizado pela Associação Latino-Americana de Publicidade (ALAP) como láurea para instituições e empresas que tenham Projetos ou Propaganda Social vencedores nos eventos da ALAP, desde a Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris, promovido no último dia 21 de setembro na Embaixada do Brasil da capital francesa.

Antes do evento ocorrido em Paris, foi celebrada uma missa “in Memoriam” ao tradicionalista Paixão Côrtes, na Catedral de Notre Dame. O folclorista e jornalista, falecido em 27 de agosto do ano passado, era apaixonado pela causa social do Instituto Ver Hesíodo Andrade de evitar a cegueira precoce, liderando um movimento para os vereadores de Porto Alregre aprovarem a primeira lei do Teste do Olhinho no Brasil em 2007. Desde então, 22 crianças por ano não ficam cegas, pois as sessões gratuitas de estimulação e reabilitação visual infantil em crianças que nascem com doenças congênitas oculares como glaucoma, catarata e câncer de fundo de olho, têm a possibilidade de enxergarem 20% e com o trabalho transformarão vidas.

09012019-_DSC5964

Na foto acima do assessor de imprensa Rafael Silva, aparecem da esquerda pra direita o jornalista Luiz Adolfo Lino de Souza, presidente da ARI – Associação Riograndense de Imprensa; Cinthia Flores, Relações Públicas da diretoria do Instituto Ver Hesíodo Andrade; Margaret Sobrosa, técnica em Estimulação e Reabilitação Visual Infantil, capacitada em curso do Instituto Ver; Coronel Mario Yukio Ikeda, Comandante-Geral da Brigada Militar do Estado do Rio Grande do Sul, exibindo a placa-troféu Paixão Côrtes Celestial; João Firme, Secretário-Geral da ALAP e Presidente do Instituto Ver Hesíodo Andrade; e Alcides Pozzobon, fundador do Rotary Club Beira Rio.

Firme recordou que, quando menino, sonhava em ser soldado. “Era amarrado no uniforme de cor ‘caqui’ e, com muitas economias do meu pai Francisco, que era ferroviário, ganhei a vestimenta quando estudei no Ginásio Santa Rosa de Lima em 1951”, relata, lembrando também da Copa do Mundo do ano anterior no Brasil, em que, com 16 anos na época, ganhou uma cortesia da seleção da Suiça, quando esta enfrentou o México no antigo Estádio dos Eucaliptos na capital gaúcha. “Na fila da gurizada, era chamado de General porque eu tinha uma estrelinha de primeiro ano do Ginásio no meu uniforme ‘caqui'”, complementou.

O Encontro foi finalizado com um pedido de apoio ao Instituto Ver na realização de um curso de formação de técnicos sem nenhum custo. A recomendação feita é que participem do curso, previsto para abril, esposas e militares da Brigada Militar e os imigrantes de Venezuela, Haiti, Angola e Senegal que vieram para o Brasil.

Ao agradecer a homenagem, Coronel Ikeda afirmou que, em principio, aceitava a proposta das entidades de propaganda, imprensa e comunicações de promover um Encontro do Bem e o 3º Curso do Teste do Olhinho para capacitação de técnicos em estimulação e reabilitação e também se mostrou favorável à participação como um dos Curadores na Premiação de Segurança Pública do 6º Fórum Mundial de Comunicação Social, que será realizado de 22 a 24 de março na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, com outros eventos paralelos programados na semana de aniversário de Porto Alegre, como 1ª Exposição Florida do RS e o 2º Fórum do Bem-Estar dos Animais do Mercosul.