ALAP | Associação Latino-Americana de Publicidade

Notícias

PROJETOS SOCIAIS SERÃO DESTACADOS NO FESTIVAL DE PARIS

Fagner_Marketing_200X266-1

João Firme, secretário-geral da ALAP, diz que anúncios de projetos sociais como este da Fundação Fagner é o que o BID quer desde 2005. “Nas cidades da América Latina temos inúmeros projetos de responsabilidade social para a comunidade conhecê-los através da Propaganda”, afirma Firme. As inscrições para a Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado, em Paris, estão sendo feitas até 31 de agosto nos sites: www.alap.com.br; Instituto do Câncer Infantil, www.ici.ong e Instituto da Criança com Diabetes: www.icdrs.org.br. O Instituto Ver Hesíodo Andrade também será beneficado pelo e www.institutover.org.br.

Os premiados poderão receber seus troféus e Menções Honrosas no Festival de Gramado no dia 21 de setembro à tarde, na Embaixada Brasileira da capital francesa, ou no 3º Congresso Latino-Americano de Publicidade no da 25 de outubro, às 18h, no Plaza São Rafael Hotel, quando serão reapresentados os premiados da Edição Extra. “O terceiro setor é de responsabilidade da sociedade e a Propaganda dá transparência e ajuda no desenvolvimento dos projetos”, atesta João Firme.

As Edições Extras do Festival Mundial de Publicidade de Gramado sempre ocorrem em anos pares. Desta vez, será em Paris, onde aconteceu a primeira edição do evento, em 2004, na Embaixada do Brasil. João Firme, secretário-geral da entidade diz que serão muitas as novidades da edição, começando pelo prêmio Hors Concurs que destacará:

teixeirinha

– A música “Querência Amada” cantada por Teixeirinha Filho, Patrono do Instituto Ver (acima com Teixeirinha Neto);

– No Meio-Ambiente, a iniciativa “Preserve a Natureza” de Ian Risley, presidente do Rotary Internacional e o “Não Deixe Morrer meu Rio” do nosso companheiro Rotariano, Dorotéo Fagundes, do Rotary Club Porto Alegre São Geraldo;

– Na Cultura tem o livro “Lágrimas de Combate” de Brigitte Bardot; o livro “Dicionários” do publicitário e poeta Luiz Coronel; obras do Simões Lopes Neto em francês inscrito por Dorotéo Fagundes , conselheiro do Instituto Ver; Jurandir Machado, pela sua matéria “Minha Vida em Paris”; o projeto “Centro Vita” de Sergio Zambiasi, Jornada Literária da Universidade de Passo Fundo, o Programa “Galpão Crioulo”, “Jornal Nacional” da Globo e “Parceiros Voluntários”, programa na BAND, premiados em 2008 pela ALAP México;

– Projeto social para Redução da Violência nas Escolas, da Primeira-Dama Maria Helena Sartori, do Gabinete de Políticas Sociais; Projeto da Fundação Banco de Olhos em Goiânia do publicitário e ex-diretor internacional do Lions, Zander Campos os projetos; “O Rio Grande que dá Certo” da Bandeirantes; “Criança Esperança”, Globo; “Marcas de quem decide” do Jornal do Comércio; “Exposição dos Financiados da Aliança para o Progresso” dos formandos de Propaganda da FAMECOS de 1965, com suplemento de Zero Hora encartado na Última Hora no dia 30 de dezembro de 1965; Instituto da Criança com Diabetes, Instituto do Câncer Infantil, o projeto Teste do Olhinho da Dra. Rosane da Cruz Ferreira e o Instituto Vida Solidária, da AMRIGS; Liberdade de Imprensa nos jornais centenários, projeto de divulgação em 2015 da Agência De Brito; Prevenção às Drogas da Cruz Vermelha; valorização do idoso na sociedade pelo BID: Propaganda de Bem Público premiado em Havana e idealizado pela agência Centro América;  Projeto de Assistência Médica às crianças publicitárias e jornalistas com o Pronto-Socorro Infantil em troca de anúncios do Correio do Povo no fim dos anos 60; Projeto Bancomark desenvolvido por Paulo Di Vicenzi da Qualidata, que permite o registro com anterioridade da autoria de criações gratuitamente por seis meses, com emissão do certificado na hora em português, espanhol ou inglês.

– Projeto de saúde e atendimento médico gratuito para 3 mil publicitários pertencentes ao Sinapro e jornalistas da ARI. Projeto da década de 60 e 70 que durou 10 anos permutado em centímetros com o Jornal do Comércio e em spots com a Rádio Pampa.

“Estas são as primeiras premiações Hors Concurs”, finaliza João Firme.

GOVERNADOR SARTORI RECEBE CONVITE PARA HOMENAGEM EM PARIS

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL 17.04.2018: O governador José Ivo Sartori recebeu na tarde desta terça-feira, 17, a diretoria da Associação Latino-Americana de Publicidade (ALAP) e do Instituto Ver Hesíodo Andrade. O presidente João Firme de Oliveira e a fundadora da ONG, Rosane da Cruz Ferreira, entregaram o convite para inaugurar e ser homenageado na edição extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris. O evento, que a cada dois anos acontece fora do Brasil, será no dia 21 de setembro, na embaixada brasileira, localizada na capital francesa. A homenagem acontece em virtude de pesquisa realizada pela ALAP com seus representantes, onde Sartori obteve o primeiro lugar como o governador que mais realizou esforços pelo seu Estado. Estiveram presentes, ainda, os secretários Cleber Benvegnú e Isara Marques, o poeta Luiz Coronel, Dorotéo Fagundes, Jair Meneghetti, Jerry Pedroso e Jane Castro, do conselho da ONG e da associação. Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

O governador José Ivo Sartori (PMDB) recebeu, no dia  17 de abril, as diretorias da Associação Latino-Americana de Publicidade (ALAP) e do Instituto Ver Hesíodo Andrade. O fundador de ambos é o publicitário e secretário-geral da ALAP, João Firme de Oliveira, que também é presidente da ONG Instituto Ver. Marcou presença também a fundadora do IVER em 2007, Rosane da Cruz Ferreira, médica oftalmologista e pediatra, pesquisadora e cientista da Organização Mundial da Saúde que desenvolveu o Teste do Olhinho. O Governador Sartori foi homenageado com o Mérito da Responsabilidade Social, pelo apoio que vem recebendo para que o Instituto Ver continue atendendo gratuitamente crianças portadoras de doenças congênitas da visão evitando a cegueira precoce.

VONTADE DE REERGUER ESTADO DO RS DEU PRÊMIO DA PROPAGANDA

Sartori recebeu o convite para inaugurar e ser homenageado na Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris. O prêmio foi fruto de uma pesquisa realizada em agosto pela ALAP com seus representantes em cada capital brasileira sobre esforços de governadores para saírem da crise financeira e o governador gaúcho foi o mais citado e ficou em primeiro lugar. O evento, que a cada dois anos acontece fora do Brasil, será no dia 21 de setembro, na embaixada brasileira, localizada na capital francesa.

ALAP

Estiveram presentes na solenidade no Palácio Piratini, os secretários Cleber Benvegnú (Casa Civil) e Isara Marques (Comunicação); o poeta e publicitário Luiz Coronel, fundador e presidente honorário da ALAP; Dorotéo Fagundes, premiado em Paris pelo concurso Não Deixem Morrer meu Rio, que apresentará fotografias humanizadas dos rios gaúchos e do Mercosul); além de Jair Meneghetti, Jerry Pedroso e Jane Castro, voluntários da diretoria do Instituto Ver Hesíodo Andrade, que tem sede provisória na rua Correa Lima, 1908, no Morro Santa Teresa, na agência Martins+Andrade; e os representantes da Brasmédica, Sandro Pires, Tiago Dutra Pereira e Darci Armando Pereira.

Fotos: Luiz Chaves/Palácio Piratini

SINAPRO-RS É HOMENAGEADO PELOS SEUS 40 ANOS

29871624_572382189806235_5497616520830639633_o

O Período de Comunicações da sessão ordinária no dia 2 de abril, na Câmara Municipal de Porto Alegre, foi dedicado ao transcurso dos 40 anos de concessão da primeira Carta Sindical Patronal de Agências de Propaganda, expedida no dia 31 de março de 1978 para o Sindicato das Agências de Propaganda do Rio Grande do Sul (Sinapro-RS), a primeira do gênero a operar no Brasil, conforme a Lei 4.680/65. Desde a assinatura da Carta Sindical Patronal de Agências de Propaganda no Brasil em 31 de março de 1978, a entidade realizou diversas ações que marcaram a história do Propaganda no País e também fora dele.

Na oportunidade, os vereadores receberam o presidente do Instituto Ver Hesíodo Andrade e secretário-geral da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade), João Firme de Oliveira; o presidente do Sinapro-RS, Fernando Silveira; o presidente do Conselho de Administração da ALAP, Airton Rocha; e os jornalistas Lauro Quadros e Dorotéo Fagundes.

29664902_572382546472866_3317907734094218778_o

Em nome da Mesa Diretora, o presidente da Câmara, Valter Nagelstein (PMDB), falou da alegria de celebrar a existência da entidade sindical. Para ele, o sindicato é um ponto de convergência, no qual se encontra o jornalismo, a democracia e a liberdade. “E a propaganda faz parte disso, pois é o vetor que alimenta este processo”. De acordo com o vereador, mesmo que às vezes o processo seja submetido a interesses circunstanciais, a propaganda tem seus próprios instrumentos e se faz essencial.  Ao destacar que o Sinapro-RS é a primeira instituição a receber a carta sindical no Brasil, Nagelstein disse que foi o avanço de um setor muito importante. “O Rio Grande do Sul foi precursor nisto e em outras áreas. A primeira transmissão em cores na TV brasileira foi da Festa da Uva em Caxias do Sul”, lembrou. A criação do Festival Mundial de Publicidade de Gramado nos anos ímpares (desde 1975) também foi mencionada por ele, que, em sua observação, é um evento que organiza e centraliza todas as forças do setor. No restante de seu pronunciamento, Nagelstein falou da importância da liberdade de opinião, de crença e de expressão na democracia, convergindo a comunicação e a liberdade. “Que estes 40 anos do protagonismo [do sindicato] sirvam de exemplo à sociedade”, disse.

“Sindicato pioneiro que muito nos orgulha”, falou Mônica Leal (PP), também manifestando sua admiração pelo trabalho da instituição. Conforme a vereadora, a entidade tem um trabalho realizado de forma organizada que contribui para o desenvolvimento da área publicitária gaúcha. A constante atualização e a forma de atuação do sindicato também foram pontos destacados por ela, que ressaltou a importância de manter a qualidade dentro dos princípios da ética e do respeito com transparência.

Para Idenir Cecchim (PMDB), muitas vezes a Câmara tem a oportunidade de homenagear pessoas que fazem o bem para a cidade. No entanto, hoje a Casa homenageou homens que não se preocupam apenas com o setor da propaganda, mas também que ajudam outras instituições de trabalho social. “São vencedores pelo coração e pela alma”, disse, ao parabenizar os presentes homenageados por todos os anos em que estão em atividade.

Agradecendo o reconhecimento da Câmara, Fernando Silveira, presidente do Sinapro-RS, fez um resgate de momentos históricos do Sindicato e das lutas em torno da causa. Como sendo a primeira entidade do ramo a atuar no país, Silveira contou que os demais estados brasileiros passaram a seguir o mesmo caminho da organização. A busca pela reinvenção do setor foi outro ponto destacado por ele, que acredita que as transformações do campo da comunicação impactam o mercado. “Atualmente, planejar, criar e operacionalizar já não são suficientes”, disse em relação ao atendimento de clientes. Segundo Silveira, a tecnologia – como ferramenta digital – possibilitou mais canais para área. O presidente do sindicato ainda frisou algumas funções da entidade, como assessoria jurídica e demais conteúdos relacionados à gestão. “Nossa missão é fazer com que as agências mergulhem em seus negócios e conquistem cada vez mais seus clientes”, citou Silveira, mencionando a importância da tecnologia para a expansão das oportunidades no setor.  O Sinapro-RS atua em mais de 200 editais públicos, com entorno de 80 associados.

30052486_572382009806253_6919861501942693767_o

Após a entrega do diploma alusivo à homenagem, o jornalista Doróteo Fagundes afirmou ser um momento oportuno para a comunicação, através da publicidade e propaganda. Ele aproveitou para noticiar que a ALAP voltará a realizar a Edição Extra do Festival Mundial de Publicidade de Gramado, em Paris, em 21 de setembro na Embaixada do Brasil. A primeira edição extraordinária ocorreu em 2004 na própria capital francesa. Dentre os diversos homenageados no festival, Fagundes anunciou que o Legislativo de Porto Alegre receberá, em Paris, o Galo de Gramado, devido à lei municipal que prevê o Teste do Olhinho, exame clínico parte da triagem neonatal para diagnóstico de catarata e glaucoma congênitas. A lei se originou de um projeto do vereador Aldacir Oliboni (PT), aprovado e sancionado pelo então prefeito José Fogaça (PMDB) em julho de 2007, sendo a primeira lei do gênero no Brasil, conforme as normas da Organização Mundial da Saúde adotadas pela Dra. Rosane da Cruz Ferreira, médica oftalmologista e pediátrica, pesquisadora e cientista do Teste do Olhinho, fundadora e responsável técnica do Instituto Ver Hesíodo Andrade, que está funcionando no atendimento gratuito de crianças com até 10 anos com sessões de estimulação e reabilitação visual para evitar a cegueira precoce, na rua Correa Lima, 1908 na agência Martins+Andrade e, após a Lei Municipal, 22 crianças não ficam cegas em Porto Alegre, representando uma economia para o município em torno de 20 milhões de reais.

A ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade), presidida por Airton Rocha e que tem João Firme de Oliveira como secretário-geral, foi uma das criações significativas ao decorrer destes 40 anos de Sinapro destacadas pelo presidente Fernando Silveira. Junto com a ALAP, o Festival Mundial de Publicidade de Gramado reúne, nos anos ímpares na cidade gaúcha, representantes renomados para debater o cenário da Publicidade e Propaganda dentro da comunicação nacional e internacional. Nos anos pares, acontecem edições extras pelo mundo desde 2004.

Texto: Munique Freitas (CMPA), Marysol Cooper (Jornal O Sul), Marco Maciel (Instituto Ver e ALAP) e Claudete Barcellos (CMPA)

Fotos: Elson Sempé Pedroso (CMPA)

SÉRGIO GORDILHO E HUGO RODRIGUES RECEBERÃO A ESFINGE ROBERTO DUAILIBI

Sergio_Gordilho_e_Hugo_Rodrigues_receberao_a_Esfinge_Roberto_Duailibi__da_Alap__2_

Os publicitários Sergio Gordilho, da agência África, e Hugo Rodrigues, da WMcCann, receberão o troféu Esfinge Roberto Duailibi da Associação Latino Americana de Publicidade (Alap).

Essa esfinge foi instituída em 2017, no Festival Mundial de Publicidade de Gramado, e foi criada pelo escultor Israel Kislansky, a pedido do próprio Duailibi. Desde então, passou a ser um prêmio apenas para os criativos envolvidos na organização do Festival de Publicidade de Gramado e que fossem recomendados pelo Conselho de Administração da Alap.

Roberto Duailibi, presidente emérito do Festival de Gramado, considera esse fato muito relevante, “pois a premiação será para poucas pessoas”. “Desde o começo nossa intenção era dar um destino o mais nobre possível à esfinge. Estamos cumprindo à risca esse objetivo”.

Este ano será entregue para os publicitários Sergio Gordilho, presidente da Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris, no dia 21 de setembro, e presidente do Festival de Gramado de 2017 a 2019, e Hugo Rodrigues, que vai presidir o júri do 2º Prêmio de Criatividade Profissional Internacional de Gramado, que ocorrerá também na Edição Extra do Festival em Paris.

3º CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE PUBLICIDADE

alap_anuncio_22x28-1
Este majestoso evento da indústria da comunicação, que aconteceu em 1979 em Santiago do Chile, 1987 no Festival de Gramado, tem sua terceira edição agendada em Porto Alegre, nos dias 24 e 25 de outubro de 2018 e marcará os 40 anos do SINAPRO-RS, 30 da ALAP e 10 anos do Instituto Ver Hesíodo Andrade.

A previsão é de 200 inscritos. Paralelamente, acontecerão:
– A 4ª Mostra de Design e Artes Gráficas Latino-Americana;
– 2º Fórum e Salão Internacional de Propaganda  Social em Jornal, Revista e TV;
– 2º Prêmio de Reportagem de Meio Ambiente Internacional em Jornal, Revista e Televisão;
– 2ª Conferência Internacional  de Direito à Liberdade de Imprensa e à Publicidade;
– 1º Prêmio de Propaganda Digital com o Galo de Gramado;
– Simpósio de Autorregulamentação Publicitária e Compatibilização com o Código do Consumidor;
– 1º Prêmio de Propaganda Cultural Artística Internacional;
– 8º Prêmio Universitário Internacional de Gramado;
– 2º Prêmio de Criatividade Profissional de Gramado;
– Prêmio Sinfonia Rio-grandense e Conferência  de Transformação da Justiça do Trabalho.

Gelson Azevedo, ministro do TST (Tribunal Superior do Trabalho) e Patrono da ALAP, apresentará, num Encontro do Bem a ser realizado no mês de março, o 3º Congresso Latino-Americano de Publicidade, presidido por Luiz Coronel.

Informações: alap@terra.com.br – (51) 32225222 – (51) 998065222 – www.alap.com.br

ENCONTRO DO BEM HOMENAGEIA RECEITA FEDERAL, TST E MINISTÉRIO PÚBLICO

TEXTO E FOTOS: Marco Maciel

20180309_120723
João Firme (C, com o microfone) anuncia novas entidades que serão beneficiadas. Da esquerda pra direita: Gelson de Azevedo, Dorotéo Fagundes, Lauro Quadros (representando o Instituto do Câncer Infantil), Ademir Gomes e Ana Bertuol (coordenadora de eventos do Instituto da Criança com Diabetes)

Na manhã de 9 de março, aconteceu mais uma edição do Encontro do Bem, no auditório da Receita Federal em Porto Alegre. O evento foi em homenagem aos 50 anos da Receita Federal do Brasil, que considera a ALAP – Associação Latino-Americana de Publicidade, com sede em Porto Alegre há 30 anos, como Arauto na divulgação dos incentivos fiscais devidos para o terceiro setor do Rio Grande do Sul.

A abertura do evento foi realizada pelo presidente do Conselho de Administração da ALAP, o publicitário Airton Rocha, diretor da agência Martins+Andrade, onde está a sede provisória do Instituto Ver Hesíodo Andrade, entidade parceira da ALAP que atende gratuitamente crianças de até 10 anos com problemas oculares congênitos da visão, fazendo com técnicos sessões de estimulação e reabilitação visual infantil, numa nova maneira de evitar a cegueira precoce.

O radialista Dorotéo Fagundes apresentou o Encontro do Bem, que contou com palestras do ex-ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Dr. Gelson de Azevedo, e do Superintendente Adjunto da Receita, Ademir Gomes de Oliveira. Estiveram presentes também a representante da Secretaria da Saúde do RS, a Nutricionista Maria Alice Lantmann, e o Promotor de Justiça, Mauro Luiz Silva de Souza, representando o Ministério Público do RS que, após o Preito de Gratidão Mérito Publicitário Latino-Americano da ALAP, fez um manifesto de alegria pelo reconhecimento do MP do RS ser o maior Paladino das entidades carentes constituídas na forma da legislação vigente, tecendo elogios aos fundadores do Instituto Ver pela iniciativa pioneira em 2007 de ter conseguido a primeira lei do Teste do Olhinho em Porto Alegre, uma novidade na medicina moderna da visão infantil que evita a cegueira precoce.

Gelson de Azevedo (em primeiro plano), durante sua palestra

Gelson de Azevedo (em primeiro plano), durante sua palestra

O conferencista Gelson de Azevedo, que foi Juiz do TRT da 4ª Região, procurou encerrar mitos durante sua fala, negando o fim dos direitos trabalhistas com a reforma proposta pelo governo federal. “Não é uma Lei Áurea do empresariado do ponto de vista das relações de trabalho, até porque se trata de uma lei ordinária e os direitos trabalhistas são imutáveis, não podendo ser alterados, pois estão na Constituição Federal”, esclareceu, justificando que um possível prejuízo aos trabalhadores é semeado por entidades sindicais que se opõem à reforma.

Em sua palestra, Ademir Gomes foi didático ao responder dúvidas sobre a declaração do Imposto de Renda, reforçando a normalidade dos atrasos na entrega dos contribuintes. “A pessoa que caiu na malha fina não é um sonegador. Não é mau elemento, é a coisa mais normal que existe, uma vez eu mesmo caí na malha”, confessou, ressaltando posteriormente que, em 2016, de mais de seis bilhões de reais arrecadados, 14 milhões foram doados para instituições beneficentes. E enfatizou que, por falta de propaganda, o Rio Grande do Sul perdeu cerca de 280 milhões, os quais poderiam ser destinados para o terceiro setor. As declarações do IR devem ser entregues até 30 de abril.

20180309_110025O promotor Mauro Luiz Silva de Souza (C, com o microfone), representando o Ministério Público do RS, agradece às homenagens prestadas no evento. Da esquerda pra direita: Roberto Brenol (responsável pela editoria de Opinião do Jornal do Comércio), Gelson de Azevedo, Ademir Gomes, João Firme e Maria Alice Lantmann (representante da Secretaria de Saúde do RS)

Na parte final do Encontro do Bem, o secretário-geral da ALAP, o publicitário João Firme de Oliveira, anunciou a transferência de parte dos valores das inscrições de peças publicitárias sociais da Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado de Paris, no dia 21 de setembro na Embaixada do Brasil, para o Instituto do Câncer Infantil e o Instituto da Criança com Diabetes. “É uma renda que vai entrar da publicidade para as instituições. Todos estarão promovendo a propaganda de responsabilidade social”, sublinhou João Firme, que tomou posse no último dia 8 de março como presidente do Instituto Ver.

As inscrições de projetos sociais e peças de propaganda terão o link gramado.digicraft.com.br à disposição até 31 de agosto, e concorrerão ao troféu franco/brasileiro Galo de Gramado Paris. O Troféu Amazônia será acrescido na categoria especial de mídia de Meio-Ambiente (sustentabilidade ambiental) na abordagem a itens como Ecologia, Clima, Natureza, Água, Flora e Fauna. E o concurso “Não Deixem Morrer meu Rio” premiará a melhor foto humanizada dos rios gaúchos e do Mercosul com o Galo de Gramado Paris e o troféu especial José Lutzenberger, um dos maiores ambientalistas brasileiros, na Edição Extra do Festival na capital francesa, em setembro. Mais informações sobre o concurso de fotografias podem ser encontradas aqui.

Há 26 anos presidente do Conselho de Administração do Instituto do Câncer Infantil, o jornalista Lauro Quadros explicou o motivo pelo qual está há tanto tempo no comando da entidade, contando uma história vivida numa ocasião em que pensou em deixá-la: “Numa reunião da diretoria, eu disse que teríamos que fazer um rodízio, que iria continuar ajudando, mas que não poderia ser presidente eternamente. Foi bem no dia em que se apresentou um empresário querido pra fazer uma doação ao ICI. Ele escapou de morrer e prometeu que, se não partisse, colaboraria. Era o Sérgio Goldsztein, que deu 500 mil para o Instituto e me confidenciou que escolheu o ICI por minha causa. Por isso eu continuo”, contou, emocionado.

Durante o evento, foram entregues diversos Certificados de Mérito Publicitário de Responsabilidade Social aos presentes, além de outras homenagens. Veja em nosso Facebook a Galeria de Fotos do Encontro do Bem.

ROBERTO SIROTSKY É CONVIDADO PARA PRESIDIR JÚRI DO 8º PRÊMIO ESTUDANTIL

20180313_140218João Firme, Roberto Sirotsky e Paulo Velinho. Foto: Marco Maciel

Na reunião-almoço Menu Porto Alegre, promovido pela Associação Comercial de Porto Alegre no Salão Nobre do Palácio do Comércio no dia 13 de março, ocorreu o encontro entre os publicitários João Firme, secretário-geral da ALAP, e Roberto Sirotsky, sócio-diretor da Zy3 Comunicação, associada ao Grupo VMP (Ogilvi, JWT e Y&R), agência também associada à ALAP.

Sirotsky foi convidado por Firme para presidir o júri do 8º Prêmio Estudantil Internacional  de Gramado, que será realizado no dia 26 de outubro, às 20h, com festa na Expo Gramado ou no Cinema Embaixador.

No evento, Roberto Sirotsky, Paulo Velinho, que atuou como empresário de “escol” e ex-presidente da Springer/Admiral, confraternizaram com João Firme e com a diretora geral das Lojas Gang, Ana Luiza Ferrão Cardoso, que também foi cliente da agência Arauto Publicidade, quando seu pai tinha as lojas Obino. Ela foi convidada o júri online internacional da Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado, em Paris, no dia 21 de setembro na Embaixada do Brasil.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A EDIÇÃO EXTRA DO FESTIVAL DE GRAMADO EM PARIS

Faça a inscrição de sua peça publicitária nesse link, onde contém o regulamento em português, inglês e espanhol: https://gramado.digicraft.com.br/

ALAP_Meia_Tablóide_261X172-1

A Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado, em Paris, ocorrerá na Embaixada do Brasil na capital francesa em 21 de setembro. Será a segunda edição do evento na Cidade Luz. A primeira aconteceu em 2004, com total êxito, conforme matéria abaixo.

paris2004

2º FÓRUM DO BEM ESTAR DOS ANIMAIS DO MERCOSUL

animais

O publicitário Roberto Duailibi, fundador e presidente Emérito da Associação Latino-Americana de Publicidade (ALAP), inscreveu peças sociais ligadas à fauna brasileira na Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris. O evento está marcado para 21 de setembro na Embaixada do Brasil na capital francesa. Os trabalhos premiados nas mídias Impressa (jornais, revistas e mídia exterior), Eletrônica (cinema, TV e rádio) e Web receberão o troféu franco/brasileiro Galo de Gramado de Paris e o Amazônia.

Além do reconhecimento, as peças serão apresentadas em Porto Alegre no 2º Fórum do Bem-Estar dos Animais do Mercosul, evento paralelo ao 3º Congresso Latino-Americano de Publicidade agendado para 24 e 25 de outubro, no hotel Plaza São Rafael. As submissões de peças devem ser feitas até 31 de agosto pelo site https://gramado.digicraft.com.br/, onde está disponível, também, o regulamento em português, inglês e espanhol.

Veja abaixo o clássico comercial do Índio SOS Mata Atlântica, do Conselho Nacional de Propaganda, produzido pela agência DPZ&T.