ALAP | Associação Latino-Americana de Publicidade

ENTREVISTA DE JOÃO FIRME PARA RÁDIO GAÚCHA – 14/1/2018

No domingo pela manhã, dia 14 de janeiro de 2018, João Firme participou mais uma vez do programa “Galpão do Nativismo”, comandado por Dorotéo Fagundes na Rádio Gaúcha. Confira um trecho da entrevista do secretário-geral da ALAP, que comentou sobre os preparativos para a Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris, programado para o próximo dia 21 de setembro na capital francesa, além de mencionar o cineasta Anselmo Martini, que procurou a ALAP para intermediar as conversas com as Secretarias de Turismo de Gramado e Canela a fim de realizar a filmagem de uma comédia romântica com artistas americanos nas referidas cidades em março de 2019, com recursos internacionais. João Firme ainda fala sobre o concurso de fotografias “Não deixe morrer meu rio”.

CONHEÇA OS VENCEDORES DA 2ª EDIÇÃO EXTRA DO FESTIVAL DE GRAMADO EM PARIS

Galo

Confira a relação dos vencedores da 2ª Edição Extra do Festival Mundial de Publicidade de Gramado, em Paris, que ocorrerá no próximo dia 21 na Embaixada do Brasil na capital francesa. Os premiados que não puderem receber as láureas na França poderão ser agraciados no 3º Congresso Latino-Americano de Publicidade, que ocorrerá em Porto Alegre nos dias 24 e 25 de outubro.

CULTURA
Vencedor: Loja do Bem
Agência: Bolero Comunicação
Inscrição: Ian Thomé

Menção Honrosas:
Peça: Livro 10 Passos Mágicos para o Sucesso
Inscrição: Dionathan Santos

DIVERSIDADE
Vencedor: #MyGameMyName (Vivo)
Agência: África
Inscrição: Sérgio Gordilho

Menções Honrosas:
Peça: Cinto de Segurança inclusive no banco de trás (Vida Urgente – Fundação Thiago de Moraes Gonzaga)
Inscrição: Cinthia Flores

Peça: Acessibilidade
Agência: Bolero Comunicação
Inscrição: Ian Thomé

SUSTENTABILIDADE
Vencedor: Dengue
Agência: Gente Propaganda
Inscrição: Geraldo Souto de Almeida Filho (Geo Filho)

OBRAS SOCIAIS
Vencedor: Fundación Pies Descalzos – Shakira
Inscrição: Andressa Martins

Menções honrosas:
Peça: Projeto APAE Poços de Caldas
Agência: Cervantes/Avalanche Vitória

Peça: Mundo Caslu (Fernanda Gentil)
Inscrição: Andressa Martins

Peça: Instituto Projeto Neymar Jr.

SAÚDE
Vencedor: IncluMojis
Agência: Sistema Dez
Inscrição: Roberto Schmidt

Menção honrosa:
Peça: Quando a vida chama, a dedicação do médico aparece (CREMERS)
Inscrição: Marco Maciel

ARTE
Vencedor: Projeto Meninas Douradas – Book para Debutantes Carentes
Inscrições: Andressa Martins

Menções honrosas:
Peça: A Verdadeira Mágica
Inscrição: Israel Menezes

Peça: Instituto Criar – Fundado por Luciano Huck

JOÃO FIRME VOLTA A COLABORAR COM A COMUNICAÇÃO DO IARGS

Foto 4
 Jane Castro, Sulamita Santos Cabral e Joao Firme

O publicitário João Firme de Oliveira, presidente do Instituto Ver Hesíodo Andrade e secretário-geral da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade), entregou pessoalmente o Troféu Quero-Quero do Bem para a presidente do IARGS (Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul), Sulamita Santos Cabral, no dia 16 de julho na sede do Instituto. A premiação é destinada a profissionais que se destacaram no ramo da Comunicação.Durante o encontro, a Dra. Sulamita concedeu depoimento sobre a trajetória profissional de João Firme, que será publicado na segunda edição do seu livro autobiográfico intitulado de “Causas e Concausas da Vida de um Comunicador”. A presidente do IARGS destacou que Firme é um realizador e idealizador de criações constantes com projeção internacional. O depoimento foi colhido pela jornalista Jane Castro.Em parceria com o IARGS, a ALAP promoverá a 2ª Conferência Latino-Americana à Liberdade de Imprensa e à Publicidade no dia 24 de outubro, durante todo o dia, no Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre. O patrono do evento será o Desembargador Federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

Foto 1

Na foto, a Dra. Sulamita recebe o troféu Quero-Quero das mãos de João Firme, secretário-geral da ALAP e Presidente do Instituto Ver Hesiodo Andrade (voluntário).

TEXTO E FOTOS: Jane Castro e Terezinha Tarcitano (Assessora de Imprensa/IARGS)

ARI RECEBE MAIS UMA EDIÇÃO DO ENCONTRO DO BEM

20181215_113622
Da esquerda pra direita: José Amadeu Vargas, João Firme, Noara Bernardy Lisboa, Luiz Adolfo Lino de Souza e Saulo Bornhorst

Foi realizado na manhã do dia 15 de dezembro o “Encontro do Bem – Natal Solidário”, na sede da ARI (Associação Riograndense de Imprensa) em Porto Alegre, no auditório Hipólito José da Costa. O evento foi em benefício ao Instituto Ver Hesíodo Andrade, ONG que busca reduzir a cegueira precoce através do Teste do Olhinho e de sessões de estimulação e reabilitação visual em crianças de 0 a 10 anos.

O Teste do Olhinho foi o tema vigente no Encontro do Bem. Um dos fundadores do Instituto Ver em 2007, o oftalmologista José Amadeu Vargas afirma que o procedimento é simples, consistindo numa luz para a avaliação ocular que testa o reflexo, citando como exemplo os olhos vermelhos nas fotografias que ressaltam suas normalidades e reforçando a afirmação de que as pessoas enxergam com o cérebro. “A visão é o apêndice do cérebro, é como se fosse máquina fotográfica. O olho só capta”, explica didaticamente o médico do Hospital São Lucas da PUCRS, que enaltece aqueles que não têm problemas oculares. “Se vocês têm 20% de visão, vocês são reis”, exclamou Amadeu.

O pediatra e diretor técnico do Hospital São Lucas da PUCRS, Saulo Bornhorst, destacou a importância da prevenção e monitoramento desde a gestação até o milésimo dia de vida da criança, alertando para o pouco caso do Brasil com relação às ações para evitar doenças, como o Teste do Olhinho. “A prevenção garante uma vida mais plena e mais fácil. O cego encontra mais barreiras porque nosso mundo é extremamente visual”, complementa, citando as pesquisas do médico epidemiologista gaúcho César Victora, que desde a década de 80 faz recomendações sobre amamentação e nutrição fundamentais para prevenir a mortalidade infantil pelo mundo. “Victora pode ganhar o primeiro Nobel de Medicina do Brasil”, prevê Bornhorst.

Representando o Ministério Público, a Procuradora de Justiça Noara Bernardy Lisboa se mostrou surpresa com a consequência de sua atuação no inquérito sobre o Teste do Olhinho na década passada. “Esse momento é muito especial para mim”, se emocionou Noara, que trabalhou seis anos na área da saúde, período no qual aprendeu, nas reuniões realizadas com médicos, o quanto eles são objetivos para detectar as falhas do sistema e propor correções e mudanças muitas vezes de baixo custo, que podem fazer a diferença na vida de incontável número de pessoas, como no caso do Teste do Olhinho. “Os médicos veem o sofrimento todo o dia e não têm tempo a perder”, justificou a procuradora.

20181215_110251_002
João Firme palestrou para os presentes

O presidente do Instituto Ver, João Firme, se lembrou do esforço do amigo e tradicionalista Paixão Côrtes, morto em agosto, em oficializar em 2007 a lei municipal do Teste do Olhinho em Porto Alegre. “Ele ia pilchado aos vereadores e botava o dedo na cara de todo mundo, até aprovarem a lei”, se diverte Firme, que revelou o objetivo para o próximo ano da realização do segundo curso de formação de novos técnicos a fim de executarem o Teste do Olhinho e as sessões de reabilitação e estimulação visual para crianças. “Precisamos de 10 mil reais e temos a intenção de realizá-lo em abril”, explicou o presidente do IVER. O primeiro curso ocorreu em 2010 na Clínica Lavinsky, na capital gaúcha.

O presidente da ARI, Luiz Adolfo Lino de Souza, encerrou o evento ressaltando a aula dos palestrantes que envolveu Jornalismo, Direito e Medicina. “Com essa energia, disposição e persistência, sempre se consegue alguma coisa de positivo”, declarou Adolfo.

O próximo Encontro do Bem acontecerá no Asilo Padre Cacique na quarta-feira, dia 19 de dezembro, às 10h da manhã.

TEXTO E FOTOS: Marco Maciel

SINAPRO-RS É HOMENAGEADO PELOS SEUS 40 ANOS

29871624_572382189806235_5497616520830639633_o

O Período de Comunicações da sessão ordinária no dia 2 de abril, na Câmara Municipal de Porto Alegre, foi dedicado ao transcurso dos 40 anos de concessão da primeira Carta Sindical Patronal de Agências de Propaganda, expedida no dia 31 de março de 1978 para o Sindicato das Agências de Propaganda do Rio Grande do Sul (Sinapro-RS), a primeira do gênero a operar no Brasil, conforme a Lei 4.680/65. Desde a assinatura da Carta Sindical Patronal de Agências de Propaganda no Brasil em 31 de março de 1978, a entidade realizou diversas ações que marcaram a história do Propaganda no País e também fora dele.

Na oportunidade, os vereadores receberam o presidente do Instituto Ver Hesíodo Andrade e secretário-geral da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade), João Firme de Oliveira; o presidente do Sinapro-RS, Fernando Silveira; o presidente do Conselho de Administração da ALAP, Airton Rocha; e os jornalistas Lauro Quadros e Dorotéo Fagundes.

29664902_572382546472866_3317907734094218778_o

Em nome da Mesa Diretora, o presidente da Câmara, Valter Nagelstein (PMDB), falou da alegria de celebrar a existência da entidade sindical. Para ele, o sindicato é um ponto de convergência, no qual se encontra o jornalismo, a democracia e a liberdade. “E a propaganda faz parte disso, pois é o vetor que alimenta este processo”. De acordo com o vereador, mesmo que às vezes o processo seja submetido a interesses circunstanciais, a propaganda tem seus próprios instrumentos e se faz essencial.  Ao destacar que o Sinapro-RS é a primeira instituição a receber a carta sindical no Brasil, Nagelstein disse que foi o avanço de um setor muito importante. “O Rio Grande do Sul foi precursor nisto e em outras áreas. A primeira transmissão em cores na TV brasileira foi da Festa da Uva em Caxias do Sul”, lembrou. A criação do Festival Mundial de Publicidade de Gramado nos anos ímpares (desde 1975) também foi mencionada por ele, que, em sua observação, é um evento que organiza e centraliza todas as forças do setor. No restante de seu pronunciamento, Nagelstein falou da importância da liberdade de opinião, de crença e de expressão na democracia, convergindo a comunicação e a liberdade. “Que estes 40 anos do protagonismo [do sindicato] sirvam de exemplo à sociedade”, disse.

“Sindicato pioneiro que muito nos orgulha”, falou Mônica Leal (PP), também manifestando sua admiração pelo trabalho da instituição. Conforme a vereadora, a entidade tem um trabalho realizado de forma organizada que contribui para o desenvolvimento da área publicitária gaúcha. A constante atualização e a forma de atuação do sindicato também foram pontos destacados por ela, que ressaltou a importância de manter a qualidade dentro dos princípios da ética e do respeito com transparência.

Para Idenir Cecchim (PMDB), muitas vezes a Câmara tem a oportunidade de homenagear pessoas que fazem o bem para a cidade. No entanto, hoje a Casa homenageou homens que não se preocupam apenas com o setor da propaganda, mas também que ajudam outras instituições de trabalho social. “São vencedores pelo coração e pela alma”, disse, ao parabenizar os presentes homenageados por todos os anos em que estão em atividade.

Agradecendo o reconhecimento da Câmara, Fernando Silveira, presidente do Sinapro-RS, fez um resgate de momentos históricos do Sindicato e das lutas em torno da causa. Como sendo a primeira entidade do ramo a atuar no país, Silveira contou que os demais estados brasileiros passaram a seguir o mesmo caminho da organização. A busca pela reinvenção do setor foi outro ponto destacado por ele, que acredita que as transformações do campo da comunicação impactam o mercado. “Atualmente, planejar, criar e operacionalizar já não são suficientes”, disse em relação ao atendimento de clientes. Segundo Silveira, a tecnologia – como ferramenta digital – possibilitou mais canais para área. O presidente do sindicato ainda frisou algumas funções da entidade, como assessoria jurídica e demais conteúdos relacionados à gestão. “Nossa missão é fazer com que as agências mergulhem em seus negócios e conquistem cada vez mais seus clientes”, citou Silveira, mencionando a importância da tecnologia para a expansão das oportunidades no setor.  O Sinapro-RS atua em mais de 200 editais públicos, com entorno de 80 associados.

30052486_572382009806253_6919861501942693767_o

Após a entrega do diploma alusivo à homenagem, o jornalista Doróteo Fagundes afirmou ser um momento oportuno para a comunicação, através da publicidade e propaganda. Ele aproveitou para noticiar que a ALAP voltará a realizar a Edição Extra do Festival Mundial de Publicidade de Gramado, em Paris, em 21 de setembro na Embaixada do Brasil. A primeira edição extraordinária ocorreu em 2004 na própria capital francesa. Dentre os diversos homenageados no festival, Fagundes anunciou que o Legislativo de Porto Alegre receberá, em Paris, o Galo de Gramado, devido à lei municipal que prevê o Teste do Olhinho, exame clínico parte da triagem neonatal para diagnóstico de catarata e glaucoma congênitas. A lei se originou de um projeto do vereador Aldacir Oliboni (PT), aprovado e sancionado pelo então prefeito José Fogaça (PMDB) em julho de 2007, sendo a primeira lei do gênero no Brasil, conforme as normas da Organização Mundial da Saúde adotadas pela Dra. Rosane da Cruz Ferreira, médica oftalmologista e pediátrica, pesquisadora e cientista do Teste do Olhinho, fundadora e responsável técnica do Instituto Ver Hesíodo Andrade, que está funcionando no atendimento gratuito de crianças com até 10 anos com sessões de estimulação e reabilitação visual para evitar a cegueira precoce, na rua Correa Lima, 1908 na agência Martins+Andrade e, após a Lei Municipal, 22 crianças não ficam cegas em Porto Alegre, representando uma economia para o município em torno de 20 milhões de reais.

A ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade), presidida por Airton Rocha e que tem João Firme de Oliveira como secretário-geral, foi uma das criações significativas ao decorrer destes 40 anos de Sinapro destacadas pelo presidente Fernando Silveira. Junto com a ALAP, o Festival Mundial de Publicidade de Gramado reúne, nos anos ímpares na cidade gaúcha, representantes renomados para debater o cenário da Publicidade e Propaganda dentro da comunicação nacional e internacional. Nos anos pares, acontecem edições extras pelo mundo desde 2004.

Texto: Munique Freitas (CMPA), Marysol Cooper (Jornal O Sul), Marco Maciel (Instituto Ver e ALAP) e Claudete Barcellos (CMPA)

Fotos: Elson Sempé Pedroso (CMPA)

ENCONTRO DO BEM HOMENAGEIA ADVOGADOS E COMUNICADORES

38860524_1050376605137857_3489462406021644288_n
Alexandre Gadret com os Troféus Quero Quero e Águia de Haia que serão repassados a Octávio e Christina Gadret

Mais uma edição do Encontro do Bem ocorreu nesse sábado, ao meio-dia, no Centro de Eventos Laçador em Porto Alegre. O evento foi celebrado no Dia do Advogado e a ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade), em parceria com o Instituto Ver Hesíodo Andrade, aproveitou o 11 de agosto para entregar o Certificado Águia de Haia em tributo a Rui Barbosa para quem exerce o Direito. Comunicadores também foram agraciados com o Certificado Quero-Quero do Bem. A apresentação foi do radialista e publicitário Dorotéo Fagundes.

image002
João Firme e Paulo Sérgio Pinto exibem o cofrinho “Amor pela Vida”

O vice-presidente da Pampa, Paulo Sérgio Pinto, foi nomeado Conselheiro e Presidente Latino-Americano da ALAP para o triênio 2019-21. O projeto “Amor pela Vida” será premiado Hors-Concours na 2ª Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado, em Paris, no dia 21 de setembro, às 15h, na Embaixada do Brasil na capital francesa.

Alexandre Gadret representou a Pampa no evento

O presidente da Rede Pampa de Comunicação, Alexandre Gadret, recebeu, em nome de seu pai, o presidente do Conselho de Administração da Pampa, Octávio Gadret, e de sua irmã Christina Gadret (presidente do Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão), os Troféus Águia de Haia e Quero-Quero do Bem das mãos do ministro aposentado do Tribunal Superior do Trabalho e Patrono da ALAP, Dr. Gelson de Azevedo. “Minha família é composta por 100% de advogados, a não ser a minha pessoa, já que acabei optando pela engenharia”, brincou Alexandre Gadret, que enalteceu as ações da ALAP com a comunicação e as causas sociais. “Ficamos muito contentes com o carinho de sempre da ALAP. É um trabalho muito fortalecido em termos de união do setor da comunicação e também apresenta nobres causas como estas que o Encontro do Bem tem promovido”, elogiou o presidente da Pampa.

38935478_1050375541804630_4295636842746740736_n
O consultor da ALAP Jair Meneghetti, secretário-geral da ALAP e presidente do IVER João Firme, a turismóloga Lenora Horn Schneider e o radialista Dorotéo Fagundes exibem os Certificados Quero-Quero do Bem e Águia de Haia, além do cofrinho do Instituto Ver

Cofrinhos do Instituto Ver serão espalhados por Porto Alegre

O Instituto Ver teve o seu plano de expansão nos mais diversos estabelecimentos divulgado, através da seção “Instituições do Bem” no site www.institutover.org.br. As empresas presentes dos mais variados segmentos colaborarão para adquirir verba para a ONG com o projeto dos cofrinhos, que serão expostos nas lojas listadas na página (www.institutover.org.br/instituicoesdobem), onde consta mais informações para as demais interessadas em ajudar a entidade, que realiza o Teste do Olhinho e sessões de estimulação e reabilitação visual em crianças de 0 a 10 anos a fim de evitar a cegueira precoce.

39061453_1050376258471225_838928072072757248_n
Maurênio Stortti (em pé) se recordou de quando foi aluno de Gelson de Azevedo (segundo da esquerda pra direita) e dos tempos de Rede Pampa

Portugal receberá em novembro as peças premiadas em Paris

O advogado Maurênio Stortti, diretor-presidente do Grupo M. Stortti, elogiou Gelson de Azevedo, de quem foi aluno, e reforçou a capacidade de aglutinação de pessoas por parte de João Firme de Oliveira, presidente do Instituto Ver e Secretário-Geral da ALAP, em prol de fazer o bem. Stortti aproveitou a presença de Alexandre Gadret para recordar os três anos em que trabalhou na Pampa. “Aprendi muito sobre rádio, pois o dr. Octávio Gadret é o rei do rádio, criou várias emissoras. Na época em que a Caldas Júnior teve aquele problema sério financeiro, muitos comunicadores foram para a Pampa”, lembrou.

O Grupo M. Stortti possui escritórios de Direito Internacional em Porto Alegre, São Paulo e Cascais em Portugal e a empresa auxiliará a ALAP a divulgar seus eventos nos demais países de língua portuguesa. Consultor da ONU, Maurênio Stortti contou de seu estágio em Angola, no fim do período comunista do país, ressaltando uma aproximação com a cultura africana. “Hoje participamos do processo de levar empresas brasileiras para trabalhar em Portugal”, explicou, reforçando que a nação de Camões é considerada “a Nova York dos países de língua portuguesa, pois os africanos têm Portugal como horizonte”. Os projetos e peças de propaganda social premiados na Edição Extra do Festival Mundial de Publicidade de Gramado, em Paris, no próximo dia 21 de setembro, serão exibidos em novembro na Embaixada do Brasil em Lisboa.

38885382_1050375718471279_91180051160104960_n
Abdon Barreto Filho (C) condecorou João Firme (D) como Cavaleiro Farroupilha Benemérito, honraria de Dorotéo Fagundes

Aplicativo traz informações completas sobre o Turismo no RS

O diretor de Turismo da Secretaria Estadual da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Abdon Barreto Filho, divulgou o aplicativo Turismo RS, desenvolvido por ele e que apresenta as atrações que ocorrerão no Estado, além de conter informações turísticas de todos os 497 municípios gaúchos. “Conseguimos fazer a regionalização do setor com 27 regiões turísticas que representam 371 municípios”, ressalta Barreto, reforçando o crescimento do interesse dos gaúchos pelo Turismo Paleontológico, do qual foi criador. Apesar dos inúmeros problemas vividos pelo país, Abdon Barreto Filho mantém a esperança por dias melhores. “Nós temos três Brasis. O Brasil da miséria e da desgraça. O Brasil dos corruptos e corruptores. E o Brasil da gente, de pessoas como nós que queremos ajudar e proporcionar o bem a todos”, exclamou Abdon Barreto Filho.

621A foto vencedora do concurso de fotografias humanizadas em rios gaúchos

Vencedor do “Não Deixem Morrer meu Rio” é conhecido

Dorotéo Fagundes apresentou as fotografias humanizadas premiadas do concurso “Não Deixem Morrer meu Rio”, idealizado pelo Instituto Cavaleiros Farroupilhas, do qual é presidente. Promovido pela ALAP, a Associação Latino-Americana de Publicidade concederá à foto vencedora, clicada no Rio Uruguai (acima), juntamente com as outras duas finalistas, o Galo de Gramado-Paris. As três melhores imagens também ganharão troféus do Instituto Cavaleiros Farroupilhas e da Maçonaria. As fotografias ainda receberão uma mostra na Expointer, certificados de Mérito de Responsabilidade Social da ALAP, além de ilustrarem a Agenda Gaúcha 2019.

39020899_1050376175137900_7651426032427204608_n
A ALAP se tornou Instituição de Espírito Farroupilha

O radialista e cantor nativista entregou a João Firme de Oliveira a honraria de Cavaleiro Farroupilha Benemérito, concedido pelo Instituto Cavaleiros Farroupilhas. A ALAP recebeu do mesmo o título de Instituição de Espírito Farroupilha. Ambos foram homenageados pelos relevantes serviços prestados às finalidades cívicas, culturais, educacionais e sociais. Dorotéo Fagundes encerrou o Encontro do Bem cantando o Hino Rio-Grandense.

TEXTO E FOTOS: Marco Maciel
Assista a vídeos do Encontro do Bem no Facebook da ALAP.

EDUCANDÁRIO SÃO JOÃO BATISTA RECEBE PREITO DE GRATIDÃO À CIDADE DE PASSO FUNDO

20180510_122415

Representantes dos Rotary’s Iguatemi e Beira-Rio homenagearam o Educandário e a UPF

Uma reunião-almoço no dia 10 de maio marcou mais uma edição do Encontro do Bem, promovido pela ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade) e pelo Instituto Ver Hesíodo Andrade. O evento prestou uma série de homenagens à cidade de Passo Fundo e foi sediado no Educandário São João Batista, centro de reabilitação que atende crianças e adolescentes com deficiências múltiplas no bairro Ipanema, em Porto Alegre.

Apresentado pelo radialista e publicitário Dorotéo Fagundes, o Encontro do Bem que serviu como a reunião semanal do Rotary Club Beira-Rio recebeu o Reitor da Universidade de Passo Fundo (UPF), José Carlos Carles de Souza, além da mentora e responsável técnica do Instituto Ver, a oftalmologista Rosane da Cruz Ferreira. Ambos ministraram palestras. O evento ainda rendeu um pocket-show de Teixeirinha Neto.

20180510_132213

Da esquerda pra direita: o Reitor da UPF, José Carlos Carles de Souza; a presidente do Educandário, Eveline Streck, ambos com seus Certificados de Mérito de Responsabilidade Social do Instituto Ver; além de Dorotéo Fagundes, João Firme e a Dra. Rosane Ferreira, fundadora e responsável técnica do IVER

O dia em que João Firme e Teixeirinha almoçaram com as estrelas na Tupi

O secretário-geral da ALAP e presidente do Instituto Ver, o publicitário João Firme de Oliveira, justificou o Preito de Gratidão à cidade de Passo Fundo através da bolsa de estudos que conseguiu na UPF na década de 70 para cursar Direito, devido à propaganda que fazia da cidade com o programa de televisão que comandou com o folclorista Paixão Cortes, “Cidades Gaúchas”, na antiga TV Piratini (hoje TVE de Porto Alegre).

Uma história que João Firme nunca esquece é o apoio que recebeu de Teixeirinha para promover o 1º Seminário do Novo Código de Processo Civil, elaborado pelos formandos em Direito da UPF dos quais Firme fazia parte. O projeto foi apresentado na hoje extinta TV Tupi, mais precisamente no “Jantar com as Estrelas” comandado por Airton e Lolita Rodrigues na edição de 23 de agosto de 1973. “Levei uma comitiva de estudantes e pedimos pro Teixeirinha ir com a gente, sem cobrar cachê, pra divulgar nosso evento. O cantor tinha três compromissos naquele dia, mas cancelou todos, pagou sua passagem e a da Mary Terezinha, e tivemos uma repercussão nacional muito grande com o programa”, festeja o publicitário, natural de Santa Rosa, Cidadão de Porto-Alegre, Cidadão Gramadense, e que também se considera Cidadão de Passo Fundo.

20180510_140657

Teixeirinha Neto relembrou clássicos do avô em pocket-show

Teixeirinha Neto, que receberá junto com seu pai o Galo de Gramado-Paris pela música “Querência Amada” composta e eternizada por seu avô, entoou a famosa canção no Encontro do Bem, além de, é claro, “Gaúcho de Passo Fundo”. A tradicional Jornada Literária de Passo Fundo também será premiada Hors-Concours na Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado, em Paris, em 21 de setembro.

Reitor conclui mandato de oito anos na UPF comemorando crescimento

Ao chamar o Reitor da Universidade de Passo Fundo, Dr. José Carlos Carles de Souza, pra realizar sua palestra, Dorotéo Fagundes recordou ter realizado seu primeiro show como cantor e compositor na própria UPF. Em sua fala, José Carlos a classificou como uma instituição comunitária e filantrópica, fruto da vontade da comunidade, justificando com números o crescimento que conseguiu para a faculdade durante seus oito anos de gestão. “Quando assumimos em 2010, tínhamos um orçamento de 195 milhões, e estamos entregando o comando em 2018 com 356 milhões”, celebrou o Reitor, cujo mandato se encerra em junho. José Carlos citou ainda a participação da UPF no Comitê Executivo Pró-Conclusão da Obra da BR-153 entre Passo Fundo e Erechim, a chamada Transbrasiliana, cuja conclusão segue indefinida. “Os políticos infelizmente continuam replicando os erros do passado”, lamentou.

A Universidade de Passo Fundo conta com mais de 18 mil alunos, cerca de mil professores, 1250 funcionários e em torno de 77 mil profissionais formados. Apresenta 60 cursos de graduação, 15 cursos de mestrado, seis de doutorado, 130 grupos de extensão, entre outras atividades. A UPF possui três campi em Passo Fundo, os demais ficam em Carazinho, Casca, Lagoa Vermelha, Palmeira das Missões, Sarandi e Soledade. José Carlos Carles de Souza recebeu o Certificado de Mérito de Responsabilidade Social do Instituto Ver das mãos da Dra. Rosane Ferreira e de João Firme.

Para Rosane Ferreira, crianças diagnosticadas com autismo precisam apenas de óculos

A responsável técnica do Instituto Ver, Dra. Rosane da Cruz Ferreira, afirma que a principal causa de deficiência visual é a simples falta de óculos, apontando que uma criança fica cega a cada minuto no planeta e que 80% da cegueira mundial poderia ser evitada. A especialista em oftalmologia pediátrica recomenda que o Teste do Olhinho – desenvolvido por ela – seja realizado em todas as crianças a cada seis meses até completar dois anos e, depois, anualmente até os 10. Quando o procedimento se tornou Lei Estadual graças ao Instituto Ver em julho de 2007, Rosane recordou que os médicos não sabiam realizá-lo. “Então fizemos um curso teórico e prático, convidamos todos os pediatras no estado e ensinamos”, explicou, complementando que as tratativas para que o Teste do Olhinho seja Lei Federal ainda estão em trâmite. “O Teste do Olhinho não só tem salvo a visão, como também a vida dos bebês”, exclama Rosane Ferreira.

Para a oftalmologista, só em Porto Alegre, 22 crianças estão deixando de ficar cegas por ano desde 2008. Ela alerta para os diagnósticos equivocados de autismo, quando na verdade apenas precisam de óculos por miopia. “A gente não enxerga nos olhos, enxerga no cérebro. O olho é o órgão sensorial que capta a visão, mas se a criança não for estimulada, o cérebro é muito seletivo. Se o olho ficar pra trás, o cérebro desliga o olho. O Instituto Ver trabalha pra lembrar do cérebro não desligar a visão”, esclarece Rosane.

20180510_135752

As crianças do Educandário emocionaram o público do Encontro do Bem

Educandário precisa de 100 mil mensais para se manter

Durante o almoço, os espectadores do Encontro do Bem se emocionaram com a apresentação das crianças do Educandário São João Batista, que cantaram para os presentes a canção “A Diferença é o que nos Une”. Ao final do evento, a presidente da instituição, Eveline Streck, agradeceu a todos, relatando a dificuldade em manter a casa em funcionamento, já que ela gera uma despesa mensal de 100 mil reais. “Tenho que buscar ajuda todos os meses com empresários, porque o governo como sempre não ajuda, eles só vêm aqui para fazer exigências”, criticou a anfitriã Eveline, completando que os gastos apenas com o aquecimento da piscina para a fisioterapia é de dois mil por mês.

O Educandário São João Batista, que completará oito décadas em 2019, abriga 180 crianças deficientes físicas e mentais entre 0 e 21 anos e sua receita vem integralmente das doações. “O que nós oferecemos para nossas crianças é qualidade de vida, muitas delas vem pra cá com doenças terminais”, informa a presidente, que ressalta a importância do imposto de renda devido pelos empresários para o sustento da entidade. “É nossa maior arrecadação. O empresário tem direito por lei a doar 1% do imposto para nós. Ele pode vir aqui pra ver no que pode ser aplicado”, esclarece Eveline Streck.

As inscrições para a Edição Extra do Festival Mundial de Publicidade de Gramado, em Paris, estão abertas até o dia 31 de agosto no site da ALAP (www.alap.com.br), onde contém todas as informações sobre o Festival que acontecerá dia 21 de setembro na França. O site do Educandário São João Batista é www.educandario.org.br, com as descrições das atividades e os dados para as doações.

Texto e Fotos: Marco Maciel

Vídeos do Encontro do Bem no Facebook na ALAP.

CASA DA AMIZADE É PALCO DE MAIS UM ENCONTRO DO BEM

FB_IMG_1528664168020

Dr. Odacir Klein (C) com a oftalmologista pediátrica, Rosane Ferreira (D). exibindo seu Certificado de Mérito  de Responsabilidade Social do Instituto Ver

No dia 10 de junho ao meio-dia, na Casa da Amizade das Senhoras Rotarianas de Porto Alegre, aconteceu mais um “Encontro do Bem – Show de Solidariedade por um Brasil Melhor” em benefício da Creche Três Corações, que precisa de reparos em sua rede elétrica.

Compareceu o Secretário da Agricultura do RS, Dr. Odacir Klein, que assinou um Protocolo de Intenções visando ações conjuntas em mutirões sociais de inclusão e desenvolvimento em benefício à sua pasta, com o Rotary Internacional. A oftalmologista pediátrica Rosane da Cruz Ferreira homenageou Klein pelo Instituto Ver Hesíodo Andrade, entidade da qual foi fundadora, que está comemorando 10 anos e atende gratuitamente na agência de publicidade Martins+Andrade, no Morro Santa Tereza na capital gaúcha, crianças com doenças congênitas da visão com estimulação e reabilitação visual infantil.

Também assinaram Protocolos entidades como o Instituto da Criança com Diabetes, através de seu diretor-presidente Balduíno Tschiedel; o SESC Fecomércio com o diretor-presidente regional Luiz Tadeu Piva; e o Instituto Ver Hesíodo Andrade, nas presenças da fundadora e diretora técnica Dra. Rosane da Cruz Ferreira e o presidente João Firme. Também esteve presente o comunicador Dorotéo Fagundes, conselheiro do Instituto Ver e da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade) e presidente do Instituto Cavaleiros Farroupilha, que terá seu projeto social ambiental “Não Deixem Morrer meu Rio” premiado Hors-Concours na Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado, em Paris, que ocorrerá em 21 de setembro. A Dra. Rosane da Cruz Ferreira, fundadora do Instituto Ver, palestrou sobre a oftalmologia pediátrica e a necessidade do Teste do Olhinho para evitar a cegueira precoce e o uso de óculos para crianças autistas como forma de reduzir a enfermidade.

IMG-20180610-WA0053

Da esquerda pra direita: João Firme, a rotariana Jane Magali Denes, a jornalista Jane Castro e a Dra. Rosane Ferreira, felizes pela vida de fazer o bem.

FOTOS: Marco Maciel

ENCONTRO DO BEM HOMENAGEIA RECEITA FEDERAL, TST E MINISTÉRIO PÚBLICO

TEXTO E FOTOS: Marco Maciel

20180309_120723
João Firme (C, com o microfone) anuncia novas entidades que serão beneficiadas. Da esquerda pra direita: Gelson de Azevedo, Dorotéo Fagundes, Lauro Quadros (representando o Instituto do Câncer Infantil), Ademir Gomes e Ana Bertuol (coordenadora de eventos do Instituto da Criança com Diabetes)

Na manhã de 9 de março, aconteceu mais uma edição do Encontro do Bem, no auditório da Receita Federal em Porto Alegre. O evento foi em homenagem aos 50 anos da Receita Federal do Brasil, que considera a ALAP – Associação Latino-Americana de Publicidade, com sede em Porto Alegre há 30 anos, como Arauto na divulgação dos incentivos fiscais devidos para o terceiro setor do Rio Grande do Sul.

A abertura do evento foi realizada pelo presidente do Conselho de Administração da ALAP, o publicitário Airton Rocha, diretor da agência Martins+Andrade, onde está a sede provisória do Instituto Ver Hesíodo Andrade, entidade parceira da ALAP que atende gratuitamente crianças de até 10 anos com problemas oculares congênitos da visão, fazendo com técnicos sessões de estimulação e reabilitação visual infantil, numa nova maneira de evitar a cegueira precoce.

O radialista Dorotéo Fagundes apresentou o Encontro do Bem, que contou com palestras do ex-ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Dr. Gelson de Azevedo, e do Superintendente Adjunto da Receita, Ademir Gomes de Oliveira. Estiveram presentes também a representante da Secretaria da Saúde do RS, a Nutricionista Maria Alice Lantmann, e o Promotor de Justiça, Mauro Luiz Silva de Souza, representando o Ministério Público do RS que, após o Preito de Gratidão Mérito Publicitário Latino-Americano da ALAP, fez um manifesto de alegria pelo reconhecimento do MP do RS ser o maior Paladino das entidades carentes constituídas na forma da legislação vigente, tecendo elogios aos fundadores do Instituto Ver pela iniciativa pioneira em 2007 de ter conseguido a primeira lei do Teste do Olhinho em Porto Alegre, uma novidade na medicina moderna da visão infantil que evita a cegueira precoce.

Gelson de Azevedo (em primeiro plano), durante sua palestra

Gelson de Azevedo (em primeiro plano), durante sua palestra

O conferencista Gelson de Azevedo, que foi Juiz do TRT da 4ª Região, procurou encerrar mitos durante sua fala, negando o fim dos direitos trabalhistas com a reforma proposta pelo governo federal. “Não é uma Lei Áurea do empresariado do ponto de vista das relações de trabalho, até porque se trata de uma lei ordinária e os direitos trabalhistas são imutáveis, não podendo ser alterados, pois estão na Constituição Federal”, esclareceu, justificando que um possível prejuízo aos trabalhadores é semeado por entidades sindicais que se opõem à reforma.

Em sua palestra, Ademir Gomes foi didático ao responder dúvidas sobre a declaração do Imposto de Renda, reforçando a normalidade dos atrasos na entrega dos contribuintes. “A pessoa que caiu na malha fina não é um sonegador. Não é mau elemento, é a coisa mais normal que existe, uma vez eu mesmo caí na malha”, confessou, ressaltando posteriormente que, em 2016, de mais de seis bilhões de reais arrecadados, 14 milhões foram doados para instituições beneficentes. E enfatizou que, por falta de propaganda, o Rio Grande do Sul perdeu cerca de 280 milhões, os quais poderiam ser destinados para o terceiro setor. As declarações do IR devem ser entregues até 30 de abril.

20180309_110025O promotor Mauro Luiz Silva de Souza (C, com o microfone), representando o Ministério Público do RS, agradece às homenagens prestadas no evento. Da esquerda pra direita: Roberto Brenol (responsável pela editoria de Opinião do Jornal do Comércio), Gelson de Azevedo, Ademir Gomes, João Firme e Maria Alice Lantmann (representante da Secretaria de Saúde do RS)

Na parte final do Encontro do Bem, o secretário-geral da ALAP, o publicitário João Firme de Oliveira, anunciou a transferência de parte dos valores das inscrições de peças publicitárias sociais da Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado de Paris, no dia 21 de setembro na Embaixada do Brasil, para o Instituto do Câncer Infantil e o Instituto da Criança com Diabetes. “É uma renda que vai entrar da publicidade para as instituições. Todos estarão promovendo a propaganda de responsabilidade social”, sublinhou João Firme, que tomou posse no último dia 8 de março como presidente do Instituto Ver.

As inscrições de projetos sociais e peças de propaganda terão o link gramado.digicraft.com.br à disposição até 31 de agosto, e concorrerão ao troféu franco/brasileiro Galo de Gramado Paris. O Troféu Amazônia será acrescido na categoria especial de mídia de Meio-Ambiente (sustentabilidade ambiental) na abordagem a itens como Ecologia, Clima, Natureza, Água, Flora e Fauna. E o concurso “Não Deixem Morrer meu Rio” premiará a melhor foto humanizada dos rios gaúchos e do Mercosul com o Galo de Gramado Paris e o troféu especial José Lutzenberger, um dos maiores ambientalistas brasileiros, na Edição Extra do Festival na capital francesa, em setembro. Mais informações sobre o concurso de fotografias podem ser encontradas aqui.

Há 26 anos presidente do Conselho de Administração do Instituto do Câncer Infantil, o jornalista Lauro Quadros explicou o motivo pelo qual está há tanto tempo no comando da entidade, contando uma história vivida numa ocasião em que pensou em deixá-la: “Numa reunião da diretoria, eu disse que teríamos que fazer um rodízio, que iria continuar ajudando, mas que não poderia ser presidente eternamente. Foi bem no dia em que se apresentou um empresário querido pra fazer uma doação ao ICI. Ele escapou de morrer e prometeu que, se não partisse, colaboraria. Era o Sérgio Goldsztein, que deu 500 mil para o Instituto e me confidenciou que escolheu o ICI por minha causa. Por isso eu continuo”, contou, emocionado.

Durante o evento, foram entregues diversos Certificados de Mérito Publicitário de Responsabilidade Social aos presentes, além de outras homenagens. Veja em nosso Facebook a Galeria de Fotos do Encontro do Bem.

HUGO RODRIGUES E SÉRGIO GORDILHO RECEBEM A ESFINGE ROBERTO DUAILIBI

34644283_600368477007606_1670723427532537856_o

Da esquerda pra direita: Alberto Meneghetti, Hugo Rodrigues, João Firme, Eliana Azeredo e Itamar Gravem

No dia 6 de junho, o secretário-geral da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade), João Firme de Oliveira, esteve em São Paulo com o criativo Hugo Rodrigues, CEO da WMcCann Erickson, entregando o troféu “Esfinge Roberto Duailibi”, por sua participação como Presidente do Júri da Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado, que acontecerá em Paris, no dia 21 de setembro. Também participaram do encontro na WMcCann os publicitários Alberto Meneghetti (Moove) e Itamar Gravem (Armazém de Mídia) e a organizadora de eventos Eliana Azeredo (Capacitá).

No mesmo dia, a Esfinge Roberto Duailibi também foi repassada a Sérgio Gordilho, co-presidente da Agência África. Vencedor do Prêmio Caboré 2017 na área de criação empresarial, Gordilho abandonou a arquitetura, depois de vir em caravana de ônibus de Salvador participar do Festival Mundial de Publicidade de Gramado no final do século XX. Em 2017, presidiu um dos melhores festivais na era de mudanças.

34719481_601159783595142_2581529963442208768_o

​Na África, Sérgio Gordilho (D) recebeu a Esfinge das mãos de João Firme

Sergio Gordilho presidirá a 2ª Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado, em Paris, no dia 21 de setembro na Embaixada do Brasil. Em Paris, Gordilho receberá um preito de gratidão do Governo do Estado do RS, recebendo o Galo de Gramado/Paris e o Troféu Quero-Quero, símbolo da comunicação do Rio Grande do Sul.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!