ALAP | Associação Latino-Americana de Publicidade

GRAMADO RECEBE A OITAVA EDIÇÃO DO PRÊMIO ESTUDANTIL

Gramado recebe a oitava edição do Prêmio Estudantil

Os vencedores do 8° Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, da esquerda pra direita: Bruna Franco, Emanuelle Livi Canielas, dra. Rosane da Cruz Ferreira (responsavel técnica do Instituto Ver, que entregou os certificados), João Firme (secretário-geral da ALAP), Sergio Ricardo Barsotti Júnior, Augusto Hiroshi Kuamoto, Selva Andreoli (presidente internacional institucional da ALAP) e Leonardo Altoé.


Texto e fotos: Marco Maciel (jornalista)

Aconteceu nos dias 6 e 7 de junho a oitava edição do Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, promovido pela ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade) na cidade das hortênsias na Serra Gaúcha. Desde 2005, o evento premia projetos de propaganda ética e social idealizados por universitários, atendendo solicitação do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Outros eventos paralelos foram realizados em conjunto.

O publicitário Caê Caráccio, CEO da Porto Criativo Comunicativo On/Off de Araraquara-SP e presidente da ALAPCOMM (Associação Latino-Americana de Professores de Comunicação e Marketing), coordenou o 8º Prêmio Estudantil no Hotel Laghetto Stilo Borges, juntamente com a uruguaia Selva Andreoli, Presidente do Grupo Perfil de Montevidéu, Presidente de Honra da premiação e eleita Presidente Internacional Institucional da ALAP. 

As peças de projetos e propaganda ética e social vitoriosas foram apresentadas, juntamente com algumas premiadas na Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris, realizada no dia 21 de setembro de 2018, na Embaixada do Brasil na capital francesa. Os assuntos dominantes nos trabalhos dos estudantes foram o assédio e o empoderamento feminino.

Relação de vencedores do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, eleitos por júri online presidido por Gil Kurtz, publicitário da Vossa Comunicação de Porto Alegre. Todos os universitários premiados são da ESPM Sul de Porto Alegre.

ANÚNCIO DE JORNAL: “A vida do seu filho pode estar nas mãos de alguém”. Estudantes: Matheus Motta de Carvalho e Leonardo Altoé. ESPM Sul.

CARTAZ: ”Rugido da Leoa”. Estudante: Caroline Volpato. ESPM Sul.

RÁDIO: “Campanha pelas mulheres”. Estudante: Cássio Machado Henrique. ESPM Sul.

CINE/TV: “Pesadelo”. Estudantes: Augusto Hiroshi Kuamoto e Sergio Ricardo Barsotti Junior. ESPM Sul.

MENÇÃO HONROSA: “Partidas que permitem chegadas”. Estudantes: Emanuelle Livi Canielas e Caroline de Oliveira Pereira. ESPM Sul.

Os certificados para os estudantes foram entregues por Selva Andreoli e pela dra. Rosane da Cruz Ferreira, oftalmologista pediátrica e responsável técnica do Instituto Ver Hesíodo Andrade, ONG parceira da ALAP que visa reduzir a cegueira infantil. 

Abertura Solene na Sociedade Recreio Gramadense

Luiz Coronel discursa, observado por Fedoca, Selva Andreoli e João Firme

O primeiro dia teve como sede a Sociedade Recreio Gramadense, com o prefeito de Gramado, João Alfredo de Castilhos Bertolucci, o Fedoca (PDT), dando as boas-vindas aos presentes. O mestre de cerimônias nos dois dias foi o radialista Mathias Santos. 

O poeta e publicitário Luiz Coronel, fundador e presidente honorário da ALAP, realizou a abertura solene do evento. “A ALAP já trouxe pra Gramado cinco mil estudantes de 19 países, para verdadeiros cursos de comunicação e propaganda com grandes mestres de todo mundo. Isso é uma herança que tem que ser valorizada, que não pode se perder pela estrada”, disse Coronel, que mais tarde doou livros para a Biblioteca de Gramado, acompanhado do prefeito Fedoca.

A Publicidade à Serviço dos Deficientes e Humildes

Dando início ao painel “O que a Publicidade e a Sociedade podem fazer pelas Crianças Deficientes”, a publicitária uruguaia Selva Andreoli palestrou sobre o favorecimento da propaganda na inclusão das pessoas especiais. “A publicidade tem um grande poder de transformação social. É um dos meios onde se encontram as maiores oportunidades de disseminação da diversidade e normalização da inclusão”, colocou Selva, avaliando que a publicidade deve ser inclusiva e mostrar todos os tipos de pessoas, como as com síndrome de Down e as mulheres “reais”, sem o dito estereótipo de “perfeita”. 

A advogada e empresária Heloísa Helena Lopes, vice-presidente da Sicredi Pioneira RS, fez palestra sobre o cooperativismo como instrumento do desenvolvimento local e regional. “Existe um círculo virtuoso no cooperativismo, ligado à qualidade de vida, aos empregos e aos negócios gerados. Com responsabilidade social e viabilidade econômica, criamos condições para transformar as comunidades.”, resumiu Heloísa Helena Lopes.

O Presidente do SINAPRO-SP (Sindicato das Agências de Propaganda de São Paulo), Dudu Godoy, relatou a ousadia da Nobullshit (NBS) – agência da qual é VP Executivo – de abrir uma unidade no Morro Santa Marta, em plena comunidade no Rio de Janeiro. “Não foi por caridade, não é pelo social. É entender a comunidade como ela funciona e fazer as marcas de relacionarem com ela” justificou, citando uma campanha de sucesso da rede “O Boticário” junto aos moradores do local. “Se você não por a mão na massa, não adianta só sentar no computador. Se você não experimentar e estudar o ambiente, vai criar o quê? Mantemos a estrutura na comunidade pra não perdermos o conhecimento. Faz parte do aprendizado”, completou o publicitário Dudu Godoy.

Especialista em Turismo Paleontológico, o professor universitário Abdon Barretto Filho teve a sua campanha do Dino Tchê premiada na Edição Extra do Festival de Gramado em Paris, realizado no dia 21 de setembro de 2018 na capital francesa. Segundo ele, o fóssil do dinossauro mais primitivo do mundo teria sido encontrado em Santa Maria em 1936. “O Rio Grande do Sul é o berço dos dinossauros”, exclamou Abdon, que criou o personagem Dino Tchê junto com o ilustrador Byrata Lopes em 1997.

Debate sobre Liberdade de Imprensa

João Firme, Francisco Moesch, Tulio Milman e Heloísa Helena Lopes. Ao fundo, Mathias Santos e Abdon  Barretto Filho (no microfone)

O jornalista do Grupo RBS, Tulio Milman, esteve na Sociedade Recreio Gramadense para abrir o painel “2º Fórum Latino-Americano de Liberdade de Imprensa e à Propaganda”. Ele recordou que era adolescente quando o regime militar se encerrou, com a liberdade ainda restrita. “Saímos de outro extremo e qualquer questionamento ao trabalho dos jornalistas era confundido com censura. No final da década de 80, eles eram tratados como semideuses”, analisou Tulio Milman, que vê os profissionais que exercem a profissão como intermediários. “Emprestamos nossos olhares para que o público possa ter acesso à informação e formar sua convicção sobre os temas que lhe dizem respeito. Quando o profissional entende que é um processador de informação e de análise à serviço do povo, ele será um bom jornalista”, concluiu.

Patrono do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado, o desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Francisco José Moesch, comparou o posto com a ancestralidade, acrescentando a importância do controle de forma imperativa e judicial da propaganda e da publicidade. “Tudo passa por uma política nacional de relações de consumo, através do Ministério da Justiça e das entidades ligadas como o CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária)”, disse Moesch, complementando que a publicidade precisa ser veraz e ter vinculação com o que é anunciado. Homenageada no evento, a presidente da OAB Subseção Canela e Gramado, Anne Grahl Müller, recordou que seu desejo inicial era ser jornalista. “Mas advocacia também é comunicar”, opinou a advogada. 

Amapá sendo bem representado no Rio Grande do Sul


Yuri Bezerra (ao centro com os troféus) celebra o Estado do Amapá no extremo sul do Brasil

O professor universitário e radialista Yuri Bezerra, através do Projeto Aula na Empresa do Instituto Federal do Amapá (IFAP Campus Santana), trouxe cinco estudantes amapaenses para Gramado. O projeto recentemente foi vitorioso no Prêmio SEBRAE Educação Empreendedora. “Levamos alunos da sala de aula para as empresas, onde respiram seus ambientes e entendem as necessidades dos clientes e suas metas”, explica Bezerra, um dos Publicistas Latino-Americanos de 2019, que homenageou o secretário-geral da ALAP João Firme com o Troféu Galo da Amazônia Brasil. 

Yuri Bezerra entregou a Medalha Galo da Amazônia Brasil aos seguintes alunos do seu curso técnico de publicidade: Naely Flávia Isacksson da Silva, Dulce Maria do Espírito Santo, Bianca Mota da Silva, Maria Laura de Jesus e Gustavo Lamazé Rodrigues. Este último também foi laureado com o Troféu Galo da Amazônia. 

Ao término da cerimônia, foram exibidas as bandeiras do Estado do Amapá e do Instituto Federal do Amapá – IFAP, ao mesmo tempo em que Luiz Coronel assinou a ata de posse do novo Conselho Consultivo e Diretoria Executiva da ALAP para o período de junho de 2019 a junho de 2021, representando o novo presidente do Conselho, o publicitário Eduardo Simon, CEO da DPZ&T. João Firme e Abdon Barretto Filho, presidente da Assembleia Geral, também assinaram o documento.

Controle total da qualidade de gestão

Da esquerda pra direita: José Dionísio Rodrigues, Fabiano Del Rey e Raul Audi

O segundo dia do 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado ocorreu no Hotel Laghetto Stilo Borges. A abertura dos trabalhos foi com a “2ª Convenção de Produtividade e Qualidade Total em Publicidade”, workshop que teve como curadora Elizabeth Oliveira, consultora da ADT Consultoria Empresarial. “A gente não padroniza criatividade. Você faz do jeito que você quiser. Mas é possível implementar padrões”, explicou Elizabeth, sublinhando a importância do alinhamento entre as estratégias e a operação.

Quatro agências foram certificadas com o ISO 9001, pelo controle total da qualidade da gestão interna. Em 1999, a e21 MultiComunicação de Porto Alegre foi a primeira, sendo depois seguida pelo Grupo OM de Curitiba (2007), Ideia 3 de Salvador (2016) e Audi Propaganda de Presidente Prudente-SP (2018). O debate reuniu representantes destas agências (à exceção da baiana), com a coordenação do publicitário Dudu Godoy. 

Raul Audi disse que o primeiro passo foi definir a postura estratégica da então pequena agência situada no interior paulista, contratando uma pesquisa de satisfação dos clientes e criando indicadores para cada processo, os apresentando trimestralmente de forma aberta pra todos. “Conquistamos a posição de 2ª e 3ª melhor agência do Brasil para se trabalhar pelo GPTW (Great Place to Work) por dois anos consecutivos”, exaltou o publicitário de Presidente Prudente.

Luiz Rotilli Teixeira (o Gaúcho do Aeroporto), Abdon Barretto Filho, Dudu Godoy, João Firme e Elizabeth Oliveira

Já o português José Dionísio Rodrigues, que preside o Grupo OM Marketing & Comunicação e o conselho de ética do SINAPRO-PR (Sindicato das Agências de Propaganda do Paraná), avaliou que cada atividade da comunicação tem uma natureza diferente. “Não é que nem as agências de publicidade, que o processo é relativamente fácil. O que é mais difícil é ser criativo”, disse com bom humor Dionísio, complementando com a necessidade de aperfeiçoamento em termos de processo com o planejamento estratégico e a organização, conscientizando o gestor. “Temos cinco empresas e três são certificadas. Se você não tiver um sistema de gestão de qualidade, dificilmente sobreviverá nos anos seguintes”, alertou o publicitário.

Para Fabiano Del Rey, gerente comercial da e21 Multicomunicação, a certificação aperfeiçoou a metodologia de atendimento, evoluindo não só nas partes estratégicas, mas também nas de performance. “A e21, neste período estava obcecada por processos, padrão e qualidade total de atendimento aos seus clientes”, falou Del Rey, destacando que na época atendia o Banrisul e mais de 20 outros clientes, representando um período de absoluto crescimento da agência. “Mudamos a marca para e21, alteramos a sede, abrimos operação em SC e começamos a atender clientes em SP como a Ipiranga Química. Nos ajudou, sem dúvida, a consolidar nosso processo de crescimento”, completou.

Ao término do debate, os participantes foram agraciados com o Galo de Gramado – Paris.

Fórum do Bem-Estar dos Animais

Da esquerda pra direita: Rubens Severo de Souza, Pedro Ferraz (com o certificado), Marise Lima e João Firme

Na sequência dos trabalhos no Hotel Laghetto Stilo Borges, ocorreu o 2º Fórum do Bem-Estar dos Animais, coordenado pelos veterinários Pedro Ferraz, Marise Lima e Rubens Severo de Souza. Segundo Ferraz, as pessoas se socializam mais quando tem animais, apesar de avaliar erros cruciais na formação do comportamento dos mascotes. “O cão vive em matilha e pertence à outra vertente social. Na matilha, um manda e outro obedece. Na família há concessões. O cão não sabe viver com concessões”, comparou o veterinário.

Para Pedro Ferraz, o cachorro nasce perfeito, mas quem o estraga é o dono, advertindo para o excesso de carinho que pode provocar alterações psicológicas no animal. “O dono não pode deixar que o cão ocupe espaço de liderança. A melhor máquina de olfato que existe na terra é dos cachorros. Eles sentem cheiros que nem sabemos que existem, pois possuem 800 milhões de células olfativas contra 5 milhões do ser humano”, explicou didaticamente. Os três veterinários receberam o Certificado Paixão Côrtes Celestial.

Convergência e novas tendências na mídia

Dudu Odécio (Síntese Comunicação de Fortaleza), Caê Caráccio (Porto Criativo de Araraquara) e Rinaldo Pessoa (RPG Comunicação de João Pessoa) exibem suas placas Galo de Paris com Selva Andreoli e João Firme

Representando a Paraíba no 8º Prêmio Estudantil, o CEO da RPG Comunicação Rinaldo Pessoa foi um dos nomes do painel “A nova onda da propaganda ética e social nas plataformas de mídia”. O publicitário paraibano colocou que a melhor premiação é aquela que muda a vida das pessoas. “A publicidade é uma ferramenta poderosa, que deve sempre contribuir para termos uma sociedade melhor”, disse, trazendo os dados de que cerca de 2,7 milhões de crianças exercem algum tipo de trabalho infantil. “Nós, publicitários, somos agentes transformadores”, completou Rinaldo.

Diego Piñero fala sobre Big Data

O diretor do Grupo Perfil e CEO da empresa Ideia Big Data do Uruguai, Diego Piñero, destacou que o Big Data (conjunto de dados que precisam ser processados e armazenados) é fundamental para as pesquisas que envolvem gestões públicas e marketing eleitoral. Ao mesmo tempo, considera que a imprensa vive o ponto mais débil de sua história. “Com o crescimento das redes sociais, as fake news acabam se tornando Big Fake”, opinou, dando como exemplo um vídeo com uma declaração constrangedora do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na verdade manipulada digitalmente e propagada para o público. “Até quando Twitter e Facebook vão seguir pautando o jornalismo? Como gerir progresso na geração digital? A palavra se tornou impotente”, opinou Luiz Coronel, logo após o fim da palestra de Piñero.


Tiago Denardin palestra sobre design na era digital

Ao falar sobre design na era digital, Tiago Denardin, diretor de estratégia da agência GH Branding (oriunda de Santa Rosa-RS), comparou a novidade do “drive thru” (serviço de venda de fast-food ao cliente sem que este saia do carro), que revolucionou o Brasil nos anos 90, com os aplicativos vigentes hoje em dia como Rappi e Uber Eats. “Toda hora, um entregador do aplicativo entra numa loja cadastrada para coletar o pedido. É um dilema dos novos tempos”, comentou Denardin, avaliando esta convergência como um ecossistema para o consumidor, dando também o exemplo do WeChat, um app similar ao Whatsapp na China que, além da simples troca de mensagens, permite outros tipos de serviços.

Dra. Rosane da Cruz Ferreira mantém a parceria afinada com o Instituto Ver, com a ALAP e com João Firme

No final do evento, a oftalmologista pediátrica Rosane da Cruz Ferreira trouxe aos presentes a palestra “Novas Tecnologias do Teste do Olhinho para evitar a Cegueira Precoce em Crianças que nascem com Doenças Congênitas da Visão”. Luiz Rotilli Teixeira, o Gaúcho do Aeroporto, encerrou o 8º Prêmio Estudantil Internacional de Gramado declamando o poema “Chimarrão”, de Glaucus Saraiva.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *