ALAP | Associação Latino-Americana de Publicidade

Artigos e Notícias

PROJETOS SOCIAIS SERÃO DESTACADOS NO FESTIVAL DE PARIS

Fagner_Marketing_200X266-1

João Firme, secretário-geral da ALAP, diz que anúncios de projetos sociais como este da Fundação Fagner é o que o BID quer desde 2005. “Nas cidades da América Latina temos inúmeros projetos de responsabilidade social para a comunidade conhecê-los através da Propaganda”, afirma Firme. As inscrições para a Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado, em Paris, estão sendo feitas até 31 de agosto nos sites: www.alap.com.br; Instituto do Câncer Infantil, www.ici.ong e Instituto da Criança com Diabetes: www.icdrs.org.br. O Instituto Ver Hesíodo Andrade também será beneficado pelo e www.institutover.org.br.

Os premiados poderão receber seus troféus e Menções Honrosas no Festival de Gramado no dia 21 de setembro à tarde, na Embaixada Brasileira da capital francesa, ou no 3º Congresso Latino-Americano de Publicidade no da 25 de outubro, às 18h, no Plaza São Rafael Hotel, quando serão reapresentados os premiados da Edição Extra. “O terceiro setor é de responsabilidade da sociedade e a Propaganda dá transparência e ajuda no desenvolvimento dos projetos”, atesta João Firme.

As Edições Extras do Festival Mundial de Publicidade de Gramado sempre ocorrem em anos pares. Desta vez, será em Paris, onde aconteceu a primeira edição do evento, em 2004, na Embaixada do Brasil. João Firme, secretário-geral da entidade diz que serão muitas as novidades da edição, começando pelo prêmio Hors Concurs que destacará:

teixeirinha

– A música “Querência Amada” cantada por Teixeirinha Filho, Patrono do Instituto Ver (acima com Teixeirinha Neto);

– No Meio-Ambiente, a iniciativa “Preserve a Natureza” de Ian Risley, presidente do Rotary Internacional e o “Não Deixe Morrer meu Rio” do nosso companheiro Rotariano, Dorotéo Fagundes, do Rotary Club Porto Alegre São Geraldo;

– Na Cultura tem o livro “Lágrimas de Combate” de Brigitte Bardot; o livro “Dicionários” do publicitário e poeta Luiz Coronel; obras do Simões Lopes Neto em francês inscrito por Dorotéo Fagundes , conselheiro do Instituto Ver; Jurandir Machado, pela sua matéria “Minha Vida em Paris”; o projeto “Centro Vita” de Sergio Zambiasi, Jornada Literária da Universidade de Passo Fundo, o Programa “Galpão Crioulo”, “Jornal Nacional” da Globo e “Parceiros Voluntários”, programa na BAND, premiados em 2008 pela ALAP México;

– Projeto social para Redução da Violência nas Escolas, da Primeira-Dama Maria Helena Sartori, do Gabinete de Políticas Sociais; Projeto da Fundação Banco de Olhos em Goiânia do publicitário e ex-diretor internacional do Lions, Zander Campos os projetos; “O Rio Grande que dá Certo” da Bandeirantes; “Criança Esperança”, Globo; “Marcas de quem decide” do Jornal do Comércio; “Exposição dos Financiados da Aliança para o Progresso” dos formandos de Propaganda da FAMECOS de 1965, com suplemento de Zero Hora encartado na Última Hora no dia 30 de dezembro de 1965; Instituto da Criança com Diabetes, Instituto do Câncer Infantil, o projeto Teste do Olhinho da Dra. Rosane da Cruz Ferreira e o Instituto Vida Solidária, da AMRIGS; Liberdade de Imprensa nos jornais centenários, projeto de divulgação em 2015 da Agência De Brito; Prevenção às Drogas da Cruz Vermelha; valorização do idoso na sociedade pelo BID: Propaganda de Bem Público premiado em Havana e idealizado pela agência Centro América;  Projeto de Assistência Médica às crianças publicitárias e jornalistas com o Pronto-Socorro Infantil em troca de anúncios do Correio do Povo no fim dos anos 60; Projeto Bancomark desenvolvido por Paulo Di Vicenzi da Qualidata, que permite o registro com anterioridade da autoria de criações gratuitamente por seis meses, com emissão do certificado na hora em português, espanhol ou inglês.

– Projeto de saúde e atendimento médico gratuito para 3 mil publicitários pertencentes ao Sinapro e jornalistas da ARI. Projeto da década de 60 e 70 que durou 10 anos permutado em centímetros com o Jornal do Comércio e em spots com a Rádio Pampa.

“Estas são as primeiras premiações Hors Concurs”, finaliza João Firme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *