ALAP | Associação Latino-Americana de Publicidade

{:br}Artigos e Notícias

PROPAGANDA E A JUSTIÇA SOLIDÁRIAS AOS INSTITUTOS DO CÂNCER INFANTIL E VER

Aconteceu no dia 28 de abril, ao meio-dia, no Centro de Eventos Laçador em Porto Alegre, mais uma edição do Encontro do Bem, um Show de Solidariedade aos Institutos do Câncer Infantil e Ver Hesíodo Andrade, movimentos pioneiros na América Latina dos médicos gaúchos Algemir Brunetto e Rosane Ferreira respectivamente, referências da Organização Mundial da Saúde que prioriza a cura ou a redução do câncer infantil e da cegueira precoce.

20180428_133636 (2)

Na foto, o comunicador Lauro Quadros (com o microfone) elogia o Dr. Algemir Brunetto, Oncologista internacional, idealizador do Instituto do Câncer Infantil que atende gratuitamente cerca de 2 mil crianças, sendo 80% do interior do RS; Sulamita Santos Cabral, presidente do Instituto dos Advogados do RS, homenageada por João Firme (de pé) em nome da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade) e do Instituto Ver como Comunicadora Jurista da Liberdade de Imprensa e do Bem; e Tirone Michelin, ex-governador do Rotary Club 45680, que anunciou um protocolo de intenções do Rotary em realizar uma parceria com o ICI, que será oficializada em Maceió em maio durante convenção de Rotarianos.

Apresentou o Encontro do Bem o publicitário Dorotéo Fagundes, comunicador, conselheiro do Instituto Ver e presidente do Instituto Cavaleiros Farroupilhas, criador do projeto social ambiental “Não Deixem Morrer meu Rio”, premiado Hors Concours na Edição Extra do Festival de Publicidade de Gramado em Paris, agendado para o dia 21 de setembro na Embaixada do Brasil na Cidade Luz.

Lauro Quadros salvou mais vidas do que a maioria dos médicos, enaltece Algemir Brunetto

Em sua palestra, o presidente do Instituto do Câncer Infantil, Algemir Brunetto, salientou a inspiração em uma instituição da Inglaterra para a criação do ICI em 1991 e exaltou a importância de Lauro Quadros, considerando a participação do comunicador decisiva para o futuro êxito de sua ideia, tanto que Brunetto destacou a dificuldade de entrar em contato com o jornalista, que vivia então seu maior momento como jornalista no começo da década de 90, sendo um dos apresentadores do “Jornal do Almoço” na RBS TV. “Quando convidei o Lauro, vivia uma fase intensa da vida profissional, e conseguir uma hora marcada com ele era muito difícil”, recordou.

Brunetto contou que o futuro instituto precisava de 1 milhão de dólares para construir um Centro de Excelência para atender as crianças com câncer, permitindo melhores chances de cura. Mas eram tempos difíceis, com o Plano Collor em pleno vigor. “Havia certo descrédito, mas a gente acreditava. Transmitimos a mensagem, compartilhamos o sonho e as pessoas começaram a se aproximar e nos ajudar, sob a liderança do Lauro Quadros”, destacou o médico oncologista, que, junto com o comunicador, visitou as maiores empresas do Rio Grande do Sul, pedindo 10 mil dólares a cada uma. “Não sei como o Lauro conseguia tempo, pois ele estava no auge da carreira”, acrescentou, completando que, das 100 empresas procuradas, 96 delas doaram 10 mil dólares. “Lauro Quadros salvou mais vidas do que a maioria dos médicos”, exclamou Algemir Brunetto, recebendo os aplausos dos presentes.

Incentivado por João Firme, Lauro Quadros contou como ele e Brunetto completaram a “Estrada dos Tijolinhos Amarelos”, no instante em que faltavam 140 mil dólares para atingir a meta. A agroindústria Avipal já havia doado anteriormente 20 mil, ou dois tijolinhos nas palavras de Lauro, mas foi visitada novamente. “Nos receberam, contamos de nossas dificuldades. Os diretores da Avipal se entreolharam, pensaram 30 segundos e disseram: ‘não vamos doar nem 10, nem 20, nós vamos doar os 140 mil’”, recordou, emocionado. Para o jornalista, dois fatores foram preponderantes para o sucesso da instituição. “O primeiro é a credibilidade. Quando fomos nas empresas, não tínhamos um tijolo pra mostrar, e eles acreditaram. E o segundo é a ausência do protagonismo, a gente não faz pra aparecer. É muito mais gratificante dar do que receber”, finalizou o comunicador.

A grande maioria das pessoas é solidária, elogia Sulamita Santos Cabral

Representando a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), a advogada e presidente do IARGS (Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul), Sulamita Santos Cabral, considera que a grande maioria da população faz o bem, procurando diminuir a dor do mundo com a solidariedade. “A OAB não se preocupa somente com os advogados, e sim com a cidadania”, completou Sulamita, sempre sorridente.

20180428_134531 (3)

Na sequência do Encontro do Bem, João Firme, antes de entregar o Preito de Homenagem “Mérito da Responsabilidade Social e do Bem” concedido pelo Instituto Ver presidido por ele, declarou ter convivido com dois cânceres, mas chegado aos 83 anos de idade graças à medicina. E não deixou de enaltecer a importância da Propaganda em todas as áreas. “Eu tenho dois nortes: a Ética e o Social. Apareceu o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), que firmou um convênio conosco pedindo que nós divulgássemos e conscientizássemos as entidades que fazem o bem através de projetos sociais, mas que a sociedade não conhecia pela falta de Propaganda”, disse o publicitário.

Apenas 14% das crianças atendidas pelo ICI residem na capital gaúcha

O Centro de Excelência do Instituto do Câncer Infantil funciona no Hospital de Clínicas e hoje atende 2 mil crianças, das quais apenas 14% delas são de Porto Alegre, com a grande maioria dos pacientes sendo do interior gaúcho e de outros estados. O ICI promove eventos como a Corrida pela Vida, que ocorre desde 1995, além de firmar parcerias com o Hospital Conceição, Hospital São Lucas da PUCRS, e mais centros pediátricos de cidades como Passo Fundo e Caxias do Sul. O Instituto ainda fornece programas de assistência de determinadas doenças que se expandem para os principais centros da América do Sul, como Uruguai, Argentina e Chile, que realizam tratamentos seguindo os protocolos com coordenação do ICI.

Texto: Marco Maciel e João Firme

Fotos: Jane Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *